Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gattuso diz que pensou em largar futebol ao ver Pirlo jogar

Volante elogiou o meia, ex-colega de Milan e seleção italiana, que se aposentou no último final de semana após ser eliminado nas semifinais da MLS

Poucos dias após anunciar que irá se aposentar dos gramados ao final do ano, o meio-campista Andrea Pirlo ganhou elogios de um velho companheiro de equipe. Atuando ao lado do atleta por diversos anos no Milan e na seleção italiana, o volante Gennaro Gattuso elogiou muito o ex-companheiro em relação à sua qualidade, em entrevista à Radio 24.

“Na primeira vez que vi Pirlo jogar, me perguntei se eu deveria mudar de profissão. Ninguém o conhece melhor do que eu, nós começamos a jogar juntos nos sub-15 da Itália e em todas as categorias seguintes. Nos momentos complicados dos jogos, eu me limitava a passar a bola para ele, era meu porto seguro dentro de campo. Me preocupava apenas a fazer o que sabia e deixava que ele resolvia o resto “, disse o volante.

A boa relação entre os dois, porém, não era apenas dentro de campo. Gattuso também falou sobre o lado brincalhão de Pirlo e compartilhou uma história curiosa de quando os dois atuavam juntos no Milan. “Fora de campo era uma pessoa verdadeiramente divertida, mas também era um filho da p. [risos]. Um dia nós estávamos almoçando e eu deixei meu celular na mesa. Sem eu ver, ele enviou uma mensagem a Adriano Galliani [à época presidente do clube] e Ariedo Braida [diretor] oferecendo minha irmã a eles.”

Gattuso e Pirlo atuaram juntos pelo Milan em uma fase de ouro da equipe, conquistando diversos títulos, sendo dois Campeonatos Italianos (2003/04 e 2010/11), uma Copa Itália (2002/03), uma Supercopa Italiana (2004), duas Ligas dos Campeões (2002/03 e 2006/07), duas Supercopas da Uefa (2003 e 2007) e um Mundial de Clubes (2007). Na seleção italiana, os dois atletas estiveram presentes na conquista do tetracampeonato mundial, em 2006.