Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Gabriel Jesus fala de vida na várzea e escolha por Guardiola

Atacante escreveu carta ao 'Players Tribune' e falou sobre sua vida desde os campos de terra no Jardim Peri até o sucesso em Manchester

Gabriel Jesus detalhou o caminho que o levou dos campos de terra do Jardim Peri, na zona leste de São Paulo, aos principais gramados da Europa em uma carta ao Players Tribune, site dedicado a estrelas do esporte mundial, para expressar seus sentimentos, planos e conquistas. Com o título de “Liga para a Mãe”, o atacante do Manchester City e da seleção brasileira, explicou os motivos de sua comemoração, relembrou os tempos de várzea e falou da relação com Neymar e Pep Guardiola.

O texto é todo feito como uma forma de homenagem à mãe, Vera, que, segundo Jesus, é a responsável por seu sucesso. A comemoração tradicional de seus gols, imitando o gesto de uma ligação, é o efeito de sua relação com ela, que sempre liga para o jogador após as partidas.

Gabriel Jesus explicou que a tradição existe desde os tempos em que jogava no Pequeninos, uma equipe de várzea para crianças, que abriu caminho para o jogador. O atacante contou sobre as constantes ameaças de ter as pernas quebradas que recebia e sobre o reencontro com o “agressor”, anos depois, quando atuava pelo Palmeiras.

O camisa 9 da seleção brasileira ainda elogiou Neymar e sua postura, creditando ao colega a responsabilidade por ter unido o grupo campeão olímpico em 2016. “Neymar trata todo mundo como se fosse irmão dele.” Por fim, explicou que a escolha pelo City e pela Inglaterra, “país gelado” nas palavras do jogador, foram por conta de Pep Guardiola. “Quando ele me chamou, não pensei duas vezes. Minha decisão estava tomada. Era o City.”

Leia a entrevista completa do jogador do site Players Tribune