Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Football Leaks: Kanté recusou receber salário do Chelsea em paraíso fiscal

Site que se notabilizou por vazar informações confidenciais revelou troca de e-mails entre o jogador francês e os dirigentes do clube de Londres

Uma negociação do volante francês N’Golo Kanté com o Chelsea foi citada em mais uma série de documentos revelados pelo Football Leaks site que se notabilizou por vazar informações confidenciais do meio do futebol, inspirando-se no Wikileaks. Desta vez, a revelação foi positiva para a imagem do atleta “flagrado”: de acordo com informações divulgadas no jornal alemão Der Spiegel, o Chelsea ofereceu pagamento de direitos de imagem a Kanté por meio de paraísos fiscais, mas o francês recusou e pediu um “salário comum”.

O Football Leaks revelou os e-mails trocados entre dirigentes do Chelsea e o volante francês, que mostram impasse entre as duas partes. Os mandatários do clube queriam depositar 5 milhões de euros (cerca de 21 milhões de reais, na cotação atual), referentes aos direitos de imagem de Kanté, por meio de uma empresa com sede na ilha de Jersey, um paraíso fiscal, no intuito de poupar 1 milhão de euros (pouco mais de 4,2 milhões de reais) em impostos.

Preocupado, o volante francês contatou um assessor fiscal e recusou a oferta dos dirigentes. “Depois de ler artigos sobre direitos de imagem e investigações contra jogadores e clubes por não pagamento de impostos, o N’Golo está cada vez mais preocupado com as condições propostas e com receio do que será questionado”, disse o assessor, em e-mail endereçado ao Chelsea. Depois da insistência do clube, Kanté impôs a única condição de receber um ‘salário normal’, como o de todos os outros.