Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Foi pênalti para o Real Madrid? Jornais, atletas e árbitros divergem

Lance envolvendo Benatia e Lucas Vásquez, aos 47 minutos do segundo tempo, causou revolta nos atletas da Juventus; confira declarações

Mehdi Benatia cometeu ou não pênalti em Lucas Vásquez? A decisão do árbitro inglês Michael Oliver de assinalar a penalidade para o Real Madrid contra a Juventus, aos 47 minutos do segundo tempo, foi o assunto esportivo mais comentado em todo o mundo nesta quarta-feira. O gol de Cristiano Ronaldo garantiu a classificação do maior campeão europeu às semifinais da Liga dos Campeões, após muito sofrimento e derrota por 3 a 1 no Santiago Bernabéu.

Jogadores da Juventus discutem com árbitro (Paul Hanna/Reuters)

O goleiro Gianluigi Buffon, que foi expulso por reclamação e se despediu de maneira amarga da competição, disse que Michael Oliver tem “um lata de lixo no lugar do coração” e cravou que a infração não deveria ser marcada.

Os jogadores do Real Madrid, claro, reforçaram a tese de que Vásquez foi derrubado. Nem mesmo os jornais espanhóis entraram em consenso: o Marca, de Madri, estampou “Foi pênalti”, enquanto o catalão Sport (mais alinhado ao Barcelona) definiu o lance como “O roubo do século”.

Confira, abaixo, a opinião de diversos atletas, ex-atletas e árbitros sobre a polêmica:

Gianluigi Buffon, goleiro da Juventus

“Como um profissional, que vem apitar uma partida entre duas equipes com tanta história e tradição, não tem a sensibilidade de perceber que em um lance no mínimo duvidoso como esse não se pode dar pênalti aos 47 do segundo e expulsão? Eu diria que ele tem uma lata de lixo no lugar do coração. Um ser humano não pode fazer isso.”

Alessandro Del Piero, ex-jogador e ídolo da Juventus

“Quando Gigi (Buffon) falou sobre o árbitro, foi difícil para mim entender, honestamente. Não entendo porque temos de fazer tanta referência ao árbitro, o futebol é assim. Penso que em poucos dias, Buffon dirá palavras diferentes sobre o árbitro”

Andrea Pirlo, ex-jogador da Juventus

“Fiquei muito triste pela Juventus, por Gigi (Buffon), por ter acontecido 10 segundos antes do fim do jogo, por isso entendo o desabafo de Buffon. Foi um lance duvidoso, o pênalti podia ser marcado, mas há situações em que o árbitro pode evitá-lo. Um árbitro esperto relevaria e mandaria o jogo para a prorrogação. Se estivesse em campo, eu também teria perdido a cabeça.”

Cristiano Ronaldo, atacante do Real Madrid

“A penalidade é clara, se não fosse pênalti seria gol. Não entendo por que estão reclamando tanto.”

Mehdi Benatia, zagueiro da Juventus:

“Não se pode cometer um erro neste tipo de lance. Cada vez mais, estou desgostoso com o mundo do futebol. Um árbitro não pode se permitir marcar um pênalti desses aos 48 do segundo tempo e matar o trabalho que foi feito. Giro ao redor de Vázquez para não tocá-lo. Ele procura cair. Era a única coisa que podia fazer. Um pênalti assim é um absurdo. Não o toquei, toquei a bola.”

Lucas Vásquez, atacante da Juventus

“É uma bola de Cristiano, que toca para mim. Não há discussão. É pênalti. É normal que eles protestem. Foi no último minuto e é normal que protestem até o final”

Giorgio Chiellini

“Foi o maior roubo que sofri na minha carreira profissional, é descarada a forma como beneficiam sempre o Real Madrid na Champions e nunca aconteça o contrário. Os jogadores do Bayern Munique ainda se lembram do que aconteceu na temporada passada”

Massimiliano Allegri, técnico da Juventus

“Falei com Sergio Ramos no túnel e lhe disse que, na minha opinião, o pênalti foi uma piada. Foi um momento de confusão quando ele apitou, havia raiva e ele ainda deu cartão vermelho para Buffon.”

Marcelo, lateral do Real Madrid

“Para mim, foi pênalti. Eu estava por trás do lance, o vi. Para mim, foi claríssimo. Não sou eu quem decide, mas foi pênalti. Isso é o futebol. Estavam em um jogo que valia vaga na semifinal. É normal. Estamos no calor da partida, dando tudo de nós, marcam um pênalti contra você no fim. É difícil. Não há problema reclamarem”

José Luis Chilavert, ex-goleiro paraguaio

“A máfia do futebol eliminou a Juventus”

Salvio Spinola, ex-árbitro brasileiro

“Pênalti. Imprudente e com contato físico nas costas. Lance interpretativo, não é pra VAR. Não é lance para unanimidade. Quem tem o pênalti aceita, quem sofre é contra.”

Martín Navarrete, ex-árbitro espanhol

“A jogada é muito complicado. Creio que a maior envergadura do jogador da Juventus é o que determina a decisão. Me parece uma ação faltosa. Benatia sabia o risco que corria e a assumiu.”

Iturralde González, árbitro espanhol

“O toque de Benatia em Vásquez não é suficiente, o pênalti não deveria ter sido marcado.”

Graham Poll, ex-árbitro inglês

Michael Oliver demonstrou coragem e acertou. Foi muito valente de marcar o pênalti. Rodeado de forma vergonhosa por uma dezena de jogadores da Juventus, o juiz se mostrou tranquilo e expulsou Buffon corretamente.”

Rafa Guerrero, árbitro espanhol

“Tirar uma bola assim é sempre falta e se foi dentro da área é pênalti. Entendo que o momento em que acontece o lance é doloroso para quem não torça para o Real madrid, mas a verdade é que foi pênalti.”

Felipe Ramos Rizo, ex-árbitro mexicano

“Não vejo polêmica no pênalti, simplesmente o árbitro cumpriu a regra.”

(Declarações a Juventus TV, Be In Sports, Sky TV, Mediaset Pemium, jornal Marca, redes sociais e zona mista do estádio)

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Diogo Pereira

    Eu não vi nada dividido, somente vi três jogadores da juve – incluindo o que cometeu o pênalti – ser contrário, sendo que todos os árbitros, ex-árbitros e até ídolos da juve acreditam na existência do pênalti.

    Curtir

  2. Não foi pênalti,real não jogou nada Cristiano Ronaldo se jogando igual Neymar o tempo todo ontem foi cometido uma injustiça futebol tem mala branca cheio de money

    Curtir

  3. Foi pênalti sim mas com ar de presenteio, estranho…

    Curtir