Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

‘Foi para isso que me contrataram’, diz Cristiano Ronaldo

O português marcou os três gols da vitória da Juventus em cima do Atlético de Madrid, pela Liga dos Campeões da Europa

“Foi para isso que me contrataram”. Foi desse jeito, com naturalidade, que o astro português Cristiano Ronaldo começou a explicar mais uma das suas noites mágicas no futebol, quando marcou os três gols da vitória da Juventus em cima do Atlético de Madrid, em uma virada histórica que levou o clube italiano às quartas de final da Liga dos Campeões da Europa.

Tabela de classificação da Liga dos Campeões da Europa

Com o triunfo por 3 a 0, o time de Turim reverteu a derrota por 2 a 0, sofrida no jogo de ida. A virada foi protagonizada por Cristiano Ronaldo, que em pouco mais de 90 minutos de futebol, mostrou tudo o que um torcedor sonha em ver quando um jogador veste a camisa do seu time: muita técnica, força de vontade, mentalidade vencedora, precisão, entre outros adjetivos.

“É uma noite especial, não apenas pelos meus gols, mas também pela atitude incrível da equipe. Esta é a mentalidade da Liga dos Campeões”, disse o português após a partida. “Ainda não ganhamos nada, mas isto é um motivo de orgulho e indica que estamos no caminho certo”, continuou.

Avisado pelos jornalistas que essa foi a primeira vez que a Juventus de Turim conseguia reverter uma eliminatória na Liga dos Campeões após perder o primeiro jogo por 2 a 0, ele afirmou: “Foi para isso que me contrataram, para ajudar e fazer o meu trabalho. Para conseguir coisas para a Juve que o clube não estava conseguindo. Estou feliz por uma noite mágica”, disse o jogador, contratado pelo time italiano no início da temporada.

Para o atacante, o Atlético de Madrid “é uma grande equipe” e “um rival muito difícil”. “Porém, nós também somos uma grande equipe e demonstramos isso em campo. Merecemos a classificação”.

Após a partida, o astro fez gesto idêntico ao do técnico Diego Simeone – o argentino fizera gesto em direção as suas partes íntimas para celebrar a vitória por 2 a 0 no primeiro triunfo e acabou multado em 20 mil euros pela Uefa.

Com os três gols, Cristiano Ronaldo chegou aos 25 contra o Atlético de Madrid em sua carreira, alcançou 124 no maior torneio de clubes do mundo. Ele é o maior artilheiro da história da competição em que já foi campeão cinco vezes – uma com o Manchester United e quatro com o Real Madrid.