Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Fisco espanhol reduz em 2 milhões de euros a multa de Cristiano Ronaldo

Punição incluía condenação de dois anos de prisão, que não será executada

A Agência Tributária espanhola reduziu em 2,1 milhões de euros (cerca de 9 milhões de reais) a multa de 18,8 milhões de euros (cerca de 82 milhões de reais) contra o jogador português Cristiano Ronaldo para encerrar um processo por fraude fiscal, segundo informa o jornal El Mundo. O Fisco espanhol e os advogados de CR7 alcançaram o acordo para concluir o processo. Ele foi acusado de ter ocultado o que recebia como pagamento por direito de imagem enquanto jogador do Real Madrid.

O acordo também incluía uma condenação de dois anos de prisão que não será executada, algo comum na lei espanhola nas penas de até dois anos decretadas por crimes não violentos a pessoas sem antecedentes.

De acordo com o jornal, o português pagou no ano passado quase 2 milhões de euros a mais por impostos que haviam vencido em 2014. Do total da dívida, Cristiano Ronaldo já quitou 13,4 milhões de euros, restando 3,3 milhões de euros.

O Ministério da Fazenda espanhola não se pronunciou sobre o caso.