Clique e assine a partir de 9,90/mês

Fifa abre investigação após gritos nazistas em jogo da Alemanha

Seleção campeã do mundo pode ser multada ou até perder pontos nas Eliminatórias

Por Da redação - 6 set 2017, 21h51

A Fifa anunciou a abertura de uma investigação após torcedores de República Tcheca e Alemanha terem cantado músicas com referências nazistas durante o confronto entre as duas seleções na última sexta-feira, em Praga, pelas Eliminatórias para a Copa do Mundo da Rússia. Como consequências, as federações responsáveis podem ser multadas pela entidade e, no pior dos casos, perder pontos na competição, o que poderia dificultar um pouco a vida dos alemães, que estão com 100% de aproveitamento até o momento.

Durante a partida, os torcedores gritaram a saudação nazista Sieg Heil (“Salve a vitória”, em alemão), entre outros cantos e provocações. Após a vencer o jogo por 2 a 1,  os jogadores da Alemanha não foram cumprimentar os torcedores como geralmente acontece. Além dos gritos nazistas, assobiaram durante o hino nacional e insultaram Timo Werner, jogador do RB Leipzig. O treinador campeão do mundo, Joachim Löw, classificou como vergonhosos os cânticos“Não queremos hooligans como esses. Nós não somos a seleção nacional dessas pessoas e elas não são nossos torcedores. É absolutamente terrível”, afirmou.

Com 24 pontos conquistados após oito vitórias em oito rodadas, a Alemanha lidera o grupo C das Eliminatórias europeias. A segunda colocada é a Irlanda do Norte com 19 pontos, enquanto a República Checa, já eliminada, é apenas a quarta , com nove. Apenas o primeiro de cada grupo garante vaga no Mundial. Os oito melhores segundos colocados irão se enfrentar na repescagem.

(com Gazeta Press)

Publicidade