Clique e assine a partir de 9,90/mês

Felipão não vê seleção brasileira como principal favorita para Copa

Treinador do Brasil nas Copas de 2002 e 2014 elogiou Neymar, mas ressaltou a importância do aspecto coletivo na equipe brasileira

Por Gazeta Press - Atualizado em 23 mar 2018, 11h57 - Publicado em 22 mar 2018, 16h02

Luiz Felipe Scolari, ex-treinador da seleção brasileira, afirmou nesta quinta-feira, em entrevista ao jornal espanhol Marca, que o Brasil não é o principal favorito ao título da Copa do Mundo de 2018. Felipão destacou que há várias seleções com chances de vencer e que o talento individual de Neymar e Cristiano Ronaldo, ambos treinados por Scolari, não vai ser um fator decisivo para Brasil e Portugal.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018

“Não vejo o Brasil como o grande favorito, os principais favoritos são oito, dez seleções, muitos têm condições de vencer, não só a seleção brasileira, mesmo sendo pentacampeã. Todos tem chance, mas com oito ou dez equipes bem preparadas e capazes de levantar o troféu”, disse o treinador de 69 anos.

O treinador gaúcho, atualmente sem clube, está em Lisboa, e comparou Neymar ao astro português Cristiano Ronaldo. “Eles não vão produzir grandes diferenças individualmente, sem o apoio de outros companheiros de equipe. São jogadores fantásticos, não são individualistas e sabem como liderar e fazer parte de um grupo, o coletivo ainda é o fator mais importante para chegar à final”, analisou o treinador do Brasil nas Copas de 2002 e 2014 e de Portugal na Copa de 2006.

 

Publicidade