Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ex-Arsenal, Rosicky anuncia aposentadoria aos 37 anos

Meia também foi campeão pelo Borussia Dortmund

O meia-atacante checo Tomas Rosicky anunciou nesta quarta-feira sua aposentadoria dos gramados. Ex-jogador da seleção do seu país, o jogador de 37 anos teve passagens vitoriosas pelo Borussia Dortmund e pelo Arsenal, pelo qual jogou durante dez anos, até 2016.

Capitão da seleção checa, Rosicky é considerado um dos jogadores mais talentosos do seu país nas últimas décadas. Com a equipe, disputou as edições de 2000, 2004 e 2012 e 2016 da Eurocopa. Nesta última, tornou-se o jogador mais velho da história a defender a seleção checa, aos 35 anos.

Em 2008, ficou de fora da competição europeia de seleções por conta de problemas físicos. Por sinal, as lesões foram constantes e marcantes na carreira do meia-atacante, principalmente em sua passagem pelo Arsenal. Antes de chegar lá, foi revelado pelo Sparta Praga e defendeu o Borussia Dortmund, onde foi campeão alemão e vice da Copa da Alemanha e da então Copa da Uefa (atual Liga Europa). Apesar dos problemas físicos, Rosicky garantiu que não foram as lesões que levaram à decisão pela aposentadoria. “Não tenho qualquer problema físico agora. Foi apenas uma decisão pessoal. Eu sinto que eu não poderia mais oferecer aquilo que gostaria [em campo]”, disse o jogador, ao fazer o anúncio.

O jogador teve sua passagem mais marcante pelo Arsenal. Foram dez anos, entre lesões e boas apresentações. Com o clube inglês, faturou por duas vezes a Copa da Inglaterra. Além disso, foi vice da Copa da Liga Inglesa em duas edições e campeão da Supercopa da Inglaterra, em 2014. No ano passado, decidiu encerrar sua passagem pelo tradicional time londrino e voltar ao Sparta Praga. Agora ele pretende seguir no clube checo, mas apenas como gestor. O Sparta ainda não confirmou qual cargo Rosicky ocuparia.