Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Eurocopa: sob vaias, Inglaterra e Escócia empatam sem gols em Wembley

Como no primeiro jogo entre seleções da história, em 1872, clássico britânico terminou em 0 a 0; Ingleses frustram torcida, mas encaminham vaga

Por Da Redação Atualizado em 18 jun 2021, 23h26 - Publicado em 18 jun 2021, 17h49

O clássico mais antigo da história do futebol terminou em frustração. Inglaterra e Escócia empataram em 0 a 0 nesta sexta-feira, 18, em Wembley, em Londres, em jogo válido pela segunda rodada do grupo D da Eurocopa. Ao final da partida, a torcida inglesa não poupou vaias à equipe. Coincidentemente, placar foi o mesmo da primeira partida de seleções na história, realizado no estádio de críquete West of Scotland, na cidade escocesa de Partick, em 30 de novembro de 1872. 

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

A primeira etapa foi amarrada, com poucas chances de gol. O zagueiro inglês John Stones quase marcou em cabeçada que explodiu no travessão. O time escocês respondeu em bonito chute Stephan O’Donnel, defendido pelo goleiro Jordan Pickford. A primeira etapa já terminou sob vaias e apelos pela entrada de Jack Grealish. 

  • O técnico Gareth Southgate atendeu o pedido no início do segundo tempo ao incluir o meia do Aston Villa no lugar do apagado Phil Foden. Em seguida, o principal atacante da equipe, o capitão Harry Kane, também saiu, para a entrada de Marcus Rashford. A Inglaterra, porém, seguiu com dificuldades para criar, apesar de ter o controle da bola. Raheem Sterling pediu pênalti após contato com o capitão escocês Andrew Roberts, mas a arbitragem de campo e do VAR ignoraram. No fim, a Escócia controlou bem a pressão e até chegou a levar perigo.

    Apesar da aparente satisfação maior dos escoceses, o resultado favoreceu mais os rivais na tabela. Mais cedo, Republica Checa e Croácia empataram em 1 a 1 pela mesma chave. Com quatro pontos, empatado com os checos na liderança do grupo, a Inglaterra está praticamente classificada às oitavas de final. Croácia e Escócia, com um ponto, se enfrentam na última rodada e mantêm esperanças. Inglaterra e República Checa disputarão o topo do grupo.

    Continua após a publicidade
    Publicidade