Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Estreantes marcam, São Paulo vira jogo incrível e deixa Z4

Botafogo vencia por 3 a 1 até os 39 do segundo tempo, quando os estreantes Marcos Guilherme e Hernanes iniciaram reação tricolor no Engenhão

São Paulo conseguiu uma vitória espetacular diante do Botafogo em belo jogo na tarde deste sábado, no Engenhão, na abertura da 17ª rodada Brasileirão. O clube paulista perdia por 3 a 1 até os 39 minutos do segundo tempo, quando os estreantes Hernanes e Marcos Vinícius iniciaram uma impressionante reação e decretaram o triunfo por 4 a 3 no Rio.

A vitória fora de casa tirou o São Paulo da zona de rebaixamento: é o 15º colocado, com 19 pontos, mas pode ser ultrapassado por Avaí e Atlético-PR no complemento da rodada. O Botafogo é o sétimo, com 24 pontos.

O peruano Christian Cueva abriu o placar logo no início, mas o Botafogo virou com dois gols de Marcos Vinícius. O primeiro, completando passe de Rodrigo Pimpão e o segundo em chute de fora da área, com colaboração do goleiro Renan Ribeiro.

No início da segunda etapa, o técnico Dorival Júnior mandou o time ao ataque, colocando Marcos Guilherme (que se apresentou na quarta-feira e foi inscrito no BID um dia antes do jogo) no lugar de Petros.

O São Paulo logo teve a chance de empatar, aos 22 minutos, mas o goleiro Gatito Fernández defendeu cobrança de pênalti de Cueva. Para desespero do São Paulo, logo na sequência, o Botafogo ampliou com Guilherme.

Quando tudo parecia definido, os estreantes Marcos Guilherme e Hernanes resolveram a partida. O atacante revelado pelo Atlético-PR marcou o segundo, aos 39 minutos.  Dois minutos depois, o ídolo Hernanes, que retornou ao time após sete anos e iniciou o jogo como titular e capitão, empatou o jogo em chute de perna esquerda, aproveitando rebatida na área.

E, aos 47 minutos, Marcos Guilherme deu os três pontos preciosos ao São Paulo. O peruano Cueva enfiou linda bola para o atacante, que invadiu a área e bateu cruzado no canto de Gatito.

São Paulo vence o Botafogo

Hernanes foi titular e capitão do São Paulo em sua reestreia pelo clube paulista (Andre Fabiano/Codigo19/Folhapress)