Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Esporte brasileiro deve perder metade de seu orçamento para 2017

Veja onde acontecerão os cortes da pasta

Por Redação PLACAR Atualizado em 20 fev 2017, 10h59 - Publicado em 15 set 2016, 15h42

O investimento feito em 2016 pelo governo federal ao esporte brasileiro em ano de Olimpíadas no Rio de Janeiro não será repetido em 2017. Em nota feita pelo site Uol Esportes, o Brasil deverá perder o importante incentivo.

Em 2016, o orçamento à disposição do Ministério do Esporte foi de R$ 1,72 bilhão. Para 2017, a proposta do governo é oferecer R$ 960 milhões para a pasta.

O valor é 44% menor do que o disponível para esse ano, em que o Brasil teve melhor desempenho pessoal na história dos Jogos.

Pela proposta do novo governo, a redução de gastos será nos projetos tocados pelo Ministério, enquanto a verba para comunicação de publicidade deverá crescer 152%. á o dinheiro para o esporte comunitário cairá 49%.

Para o esporte de alto rendimento, aquele que está intimamente ligado com aqueles que competem nas Olimpíadas, terá redução de 55%.

Total de recursos


R$ 1,72 bilhão no Orçamento de 2016
R$ 960 milhões na proposta do Orçamento de 2017

Verba para desporto de rendimento

R$ 914 milhões no Orçamento de 2016

R$ 414 milhões na proposta do Orçamento de 2017

Continua após a publicidade

Verba para desporte comunitário

R$ 605 milhões no Orçamento de 2016

R$ 308 milhões na proposta do Orçamento de 2017

Verba para concessão de Bolsa Atleta

R$ 143 milhões no Orçamento de 2016

R$ 140 milhões na proposta do Orçamento de 2017

Verba para comunicação e publicidade

R$ 14,7 milhões no Orçamento de 2016

R$ 37 milhões na proposta do Orçamento de 2017

Verba para administração geral

R$ 129,2 milhões no Orçamento de 2016

R$ 130 milhões na proposta do Orçamento de 2017

Continua após a publicidade
Publicidade