Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Eriksen passará por cirurgia para implantar desfibrilador cardíaco

Após ser ressuscitado dentro de campo, no último dia 12, jogador passará a utilizar um aparelho para corrigir batimentos e evitar novo mal súbito

Por Da Redação Atualizado em 17 jun 2021, 18h10 - Publicado em 17 jun 2021, 08h50

O meio-campista dinamarquês Christian Eriksen, 29 anos, será submetido a cirurgia para a implantação de um aparelho para corrigir o problema cardíaco que o levou a um mal súbito, precisando ser ressuscitado dentro de campo na partida entre Dinamarca e Finlândia, no último sábado, 12. O jogador está internado no hospital Ringshospitalet, localizado no município de Glostrup, a oito quilômetros do centro de Copenhague, capital do país.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

A informação é da Associação Dinamarquesa de Futebol (DBU, pela sigla original). De acordo com Morten Boesen, médico da seleção, Eriksen colocará um dispositivo, uma espécie de desfibrilador, que corrigirá potenciais distúrbios em seu coração.

“Após Christian ter sido submetido a diferentes exames no coração, foi decidido que ele deveria ter um ICD (sigla em inglês para cardioversor desfibrilador implantável, CDI). Esse dispositivo é necessário depois de um ataque cardíaco devido a distúrbios de ritmo cardíaco”, informou Morten Boesen, médico da seleção dinamarquesa.

  • “Christian aceitou a solução, e o plano foi confirmado por especialistas nacionais e internacionais que recomendam o mesmo tratamento”, completou.

    Continua após a publicidade

    O jogador da Inter de Milão desmaiou aos 42 minutos do primeiro tempo da partida, quando o placar estava zero a zero, após receber uma cobrança de lateral de um companheiro. A bola chegou a tocar o corpo do dinamarquês antes que ele caísse no chão desacordado.

    LEIA TAMBÉM: Caso Eriksen: o que aconteceu e como agir se alguém sofrer um mal súbito

    Christian Eriksen sofreu uma parada cardíaca quando atuava pela Dinamarca -
    Christian Eriksen sofreu uma parada cardíaca quando atuava pela Dinamarca – Lars Ronbog / FrontZoneSport/Getty Images

    Recentemente, em declarações dadas a seu agente, Martin Schoots, reproduzidas pelo jornal italiano La Gazzetta dello Sport. Eriksen disse que não desistirá de voltar a jogar, mas que deseja, primeiramente, entender os motivos pelo mal súbito.

    De acordo com o mesmo jornal, a opção do camisa 10 dinamarquês de aceitar a operação deve inviabilizar a permanência na Inter, uma vez que leis italianas não permitem que um jogador atue profissionalmente após a realização dessa cirurgia.

    Em 2019, o holandês Daley Blind, do Ajax, passou por um procedimento cirúrgico após ser diagnosticado com miocardite. Ele teve introduzido um marcapasso e seguiu jogando profissionalmente.

    Continua após a publicidade
    Publicidade