Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em regime semiaberto, goleiro Bruno é contratado por time mineiro

Aos 34 anos, atleta condenado no caso Eliza Samudio foi anunciado pelo Poços de Caldas FC

Condenado a 22 anos e três meses de prisão por participação no sequestro e assassinato de Eliza Samudio, o goleiro Bruno Fernandes foi anunciado nesta terça-feira 27 como novo reforço do Poços de Caldas FC, time da cidade de mesmo nome que disputará a terceira divisão do Campeonato Mineiro.

Aos 34 anos, Bruno progrediu em julho para o regime semiaberto domiciliar e acertou o contrato após liberação da Justiça, segundo informou o próprio clube em suas redes sociais.

Preso em 2010, quando atuava pelo Flamengo, Bruno chegou a atuar na segunda divisão do Mineiro pelo Boa Esporte, em 2017, graças a um habeas corpus. Na ocasião, ele disputou cinco partidas (duas vitórias, dois empates e uma derrota) antes de se preso novamente.

O atleta atualmente reside em Varginha e é incerto se terá liberação para atuar em outras cidades do Estado. O anúncio de sua contratação dividiu opiniões nas redes sociais do Poços de Caldas, entre torcedores que exaltaram o clube por dar uma nova chance ao jogador e outros que criticaram sua chegada.

Revelado pelo Atlético-MG, Bruno também jogou pelo Corinthians e teve seu auge no Flamengo, onde se sagrou campeão brasileiro em 2009. No ano seguinte, com o desaparecimento de Eliza Samudio, modelo com quem teve um relacionamento amoroso, foi detido e depois condenado como um dos envolvidos em seu sequestro e assassinato. O corpo da jovem, que na época tinha 25 anos, nunca foi encontrado.

Comentários

Não é mais possível comentar nessa página.

  1. Eric Eduardo

    Eles não têm vergonha na cara?

    Curtir