Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em Portugal, árbitro de vídeo anula 2 gols nos acréscimos

Arbitragem agiu corretamente ao assinalar impedimentos e garantiu vitória por 2 a 1 do Sporting sobre o Estoril

O Sporting assumiu a liderança do Campeonato Português neste domingo ao vencer, em casa, o Estoril por 2 a 1, em jogo que foi definido no fim, graças ao árbitro de vídeo (VAR), tecnologia que já vem sendo usada nas principais ligas do continente. Dois gols foram corretamente anulados nos acréscimos com o auxílio do recurso de vídeo e mantiveram o resultado da partida.

O primeiro foi marcado pelo Sporting: Bas Dost recebeu um cruzamento na área e bateu para o gol, mas o jogador que deu a assistência estava em posição de impedimento. A torcida vaiou, mas minutos depois aplaudiria o VAR.

Aos 48, o Estoril teve uma falta a seu favor no meio de campo e fez uma jogada ensaiada que terminou nos pés de Pedro Monteiro, que de dentro da área bateu cruzado e empatou o jogo.

Os jogadores do time visitante celebraram eufóricos, mas segundos depois o lance também foi anulado pelo árbitro de vídeo por impedimento, para aplausos dos torcedores do Sporting.

Ao site oficial do clube de Lisboa, o treinador Jorge Jesus elogiou o recurso e rebateu as acusações de que a utilização tiraria a emoção das partidas. “Dizem que o VAR tira emoção? Dá emoção. Foi determinante”, defendeu.