Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em meio a problemas, Tite anuncia convocação para a Copa América

Atletas lesionados ou em má fase e indisciplina de seu capitão, além do surgimento de jovens talentos, complicam as escolhas do treinador

O técnico Tite anunciará nesta sexta-feira, 17, a partir das 11h (de Brasília), na sede da CBF, no Rio de Janeiro, os 23 convocados da seleção brasileira para a Copa América, que será disputada no Brasil de 14 de junho a 7 de julho. A lista final ainda tem muitos “buracos”, por causa de imprevistos como a má fase técnica ou física de atletas importantes, a ascensão de jovens talentos e até questões disciplinares. Depois de ter dado um soco em um torcedor na França, nem mesmo Neymar tem presença 100% assegurada.

Tabela completa de jogos da Copa América 2019

Entre os poucos garantidos estão os goleiros Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City, o zagueiro Marquinhos, do PSG, e o volante Casemiro, do Real Madrid. A principal dúvida de Tite será no ataque, pela grande quantidade de candidatos a uma vaga.

Os jovens Vinícius Junior, de 18 anos, que nem sequer pôde estrear na seleção depois de ter se lesionado no Real Madrid, e David Neres, de 22, destaque do Ajax, brigam por vaga com atletas mais testados por Tite, como Everton, do Grêmio e Richarlisson, do Everton.

Convocados: confira a lista dos escolhidos de Tite para a Copa América

Titulares absolutos na Copa do Mundo, como Marcelo, Philippe Coutinho e Gabriel Jesus, tiveram temporadas irregulares e foram reservas de seus clubes durante boa parte do ano. Outros, como Roberto Firmino e o próprio David Neres, ainda se recuperam de problemas físicos, o que pode prejudicá-los na disputa.

Outro dilema para o técnico é o de Neymar, que agrediu um torcedor na França e ainda não sabe se sofrerá punições na seleção, como a perda da faixa de capitão ou até mesmo uma desconvocação – como já ocorreu com Douglas Costa, cortado depois de dar uma cusparada em um adversário em jogo da Juventus.