Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Em clássico, Liverpool domina mas Rooney salva no final

Apesar do amargo empate para os donos da casa, o Liverpool não perde para os rivais, no Anfield Road, desde 1999

O clássico entre Liverpool e Everton terminou empatado em 1 a 1, neste domingo. Com a presença da neve em meio aos ilustres uniformes vermelho e azul da cidade de Liverpool, o destaque do jogo acabou sendo o veterano atacante Wayne Rooney, que, logo no final da partida, igualou o resultado em um contexto improvável, onde o Liverpool, jogando em casa, teve total controle do jogo – a posse de bola chegou a 80% contra 20% do Everton.

A contundência no ataque dos donos da casa teve êxito aos 37  minutos do primeiro tempo. O atacante egípcio Mohamed Salah marcou um golaço, driblando um oponente antes de dar um belo chute no alto do gol.  No segundo tempo, o Liverpool, que só teve a entrada do astro brasileiro Philippe Coutinho no final da partida, continuou pressionando, mas aos 30 do segundo tempo o Everton achou um pênalti que causou controvérsia e reclamação dos jogadores adversários. Rooney, que começou a carreira no Everton em 2002, voltando à equipe neste ano, chamou a responsabilidade e converteu a cobrança.

O empate foi ruim para o Liverpool, no Campeonato Inglês. A equipe do técnico Jürgen Klopp permanece na quarta colocação com 30 pontos. O Everton está na décima posição, com 19 pontos. Mas o resultado não foi notícia tão ruim para o Liverpool, que não perde para os maiores rivais em seu estádio, o Anfield Road, desde 1999.