Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Sem Salah, Egito confirma escalação para estreia na Copa

O principal jogador da equipe por pouco não ficou fora da Copa por causa de uma lesão sofrida na final da Champions

Por Gazeta Press - Atualizado em 15 jun 2018, 09h06 - Publicado em 15 jun 2018, 08h10

Cerca de duas horas antes da estreia na Copa do Mundo, a Federação Egípcia de Futebol confirmou a escalação de Hector Cuper para a estreia da seleção em solo russo, diante do Uruguai, e o grande impacto se deu com a ausência de Mohamed Salah do time titular. Apesar da expectativa que rodeava o possível retorno do “Faraó”, o atacante acabou preservado e inicia o jogo no banco de reservas.

Aniversariante do dia, Salah era esperado entre os 11 iniciais na estreia também pelo comandante da seleção egípcia, que na última entrevista coletiva praticamente garantiu a presença de sua referência técnica.”Salah está muito bem. A recuperação está muito boa, ele vem recebendo atenção especial e treinou ontem conosco. Ainda falta o treino de hoje, mas creio que quase posso assegurar que está pronto para jogar, só se surgir o imprevisto de último momento”, disse.

Apesar de não divulgado, acredita-se que o imprevisto foi justamente a lesão que fez o atacante flertar com a possibilidade de não jogar o Mundial. O Uruguai como adversário, principal força do grupo, também pode ter pesado a favor do início no banco de reservas.

A seleção uruguaia também confirmou sua escalação para a partida, mas os onze escolhidos por Oscar Tabárez, sem nenhuma grande novidade. O time que vai a campo é o seguinte: Muslera, Guilhermo Varela, Godín, Giménez, Cáceres, Nandez, Vecino, Bentancur, Arrascaeta, Suárez e Cavani.

Publicidade