Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Dunga negocia para assumir a seleção da Colômbia

Treinador não voltou a trabalhar desde sua demissão da seleção brasileira, em 2016

Dunga, ex-técnico da seleção brasileira, não tem sido especulado em nenhum clube do país, mas segue com moral no exterior. Pelo menos três seleções o sondaram recentemente: China, Equador e agora a Colômbia, que ainda busca um substituto para José Pékerman. O argentino deixou o cargo em setembro, depois de seis anos de trabalho e duas Copas do Mundo disputadas.

Dunga estava próximo de um acerto com a seleção chinesa, mas, com a procura dos colombianos, decidiu adiar o anúncio de seu futuro. Anteriormente, o Equador chegou a especular seu nome também, mas acertou com Hernán Gómez.

Demitido da seleção brasileira em junho de 2016, Dunga não acertou com nenhum time ou seleção desde então. Pelo Brasil, foi campeão da Copa América de 2007, da Copa das Confederações de 2009 e levou a equipe nacional até as quartas de final da Copa do Mundo da África do Sul, quando foi eliminado pela Holanda e acabou deixando a seleção.

Em 2013, foi contratado pelo Internacional, pelo qual conquistou o Campeonato Gaúcho. Após o Mundial de 2014 e saída de Luiz Felipe Scolari, voltou a ser contratado pela seleção brasileira, mas não teve bons resultados nas Eliminatórias e mais uma vez foi demitido, após ser eliminado da Copa América Centenário, em 2016.