Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Diego Costa acerta retorno ao Atlético de Madri

Atacante brasileiro naturalizado espanhol deixou o Chelsea por problemas com o técnico Antonio Conte

Por Da redação Atualizado em 21 set 2017, 11h44 - Publicado em 21 set 2017, 11h31
Diego Costa já afirmou que gostaria de jogar pela Espanha
Diego Costa já atuou pelo clube espanhol entre 2007 e 2014 Javier Soriano/AFP/VEJA

Atlético de Madrid e Chelsea oficializaram nesta quinta-feira o fim da ‘novela’ Diego Costa: o atacante brasileiro naturalizado espanhol retornará ao clube da capital espanhola. O jogador de 28 anos estava “exilado” em Lagarto (SE), sua cidade natal, após se negar a treinar separado do restante do grupo do Chelsea. No início da temporada, o técnico Antonio Conte o avisou, via SMS, que não contava mais com Diego Costa na equipe.

Após jornais espanhóis noticiarem o retorno de Diego a Madri, os clubes oficializaram um “princípio de acordo”, por meio de comunicados.  O jogador deve chegar à Espanha nas próximas horas para a realização de exames médicos e anúncio oficial da contratação no novo estádio, Wanda Metropolitano. Diego Costa defendeu o Atlético entre 2007 e 2014.

  • Continua após a publicidade

    Continua após a publicidade

    Segundo o diário Marca, o Atlético pode pagar até 65 milhões de euros (cerca de 242 milhões de reais) pelo retorno do ídolo até junho de 2021. Apesar da grande expectativa, o torcedor do Atlético precisará esperar até o fim da janela de janeiro para ver o centroavante em campo, já que uma punição da Fifa impede o clube de contratar jogadores até o início de 2018. Desde o início, Costa disse que seu objetivo era voltar ao Atlético e que para isso toparia passar um semestre todo sem atuar.

    A situação de Diego Costa no Chelsea era insustentável e sua saída iminente. No início de junho, ele recebeu do técnico Conte a seguinte mensagem de texto: “Olá, Diego, espero que esteja bem. Obrigado pela temporada que passamos juntos. Boa sorte no próximo ano, mas você não faz parte dos meus planos. Na temporada passada, o brasileiro foi campeão inglês e marcou 20 gols em 35 partidas.

    Continua após a publicidade
    Publicidade