Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Depois de Grêmio 4 x 5 Flu, relembre outros shows de gols no Brasileirão

Na era dos pontos corridos, Campeonato Brasileiro registrou 26 jogos equilibrados e com ao menos oito bolas na rede

O Campeonato Brasileiro já registrou diversos jogos equilibrados e repletos de gols, como a vitória do Fluminense sobre o Grêmio, neste domingo, 5, em Porto Alegre, por 5 a 4. O duelo entre os tricolores gaúcho e carioca, por sinal, é o único que se repete na lista das partidas mais emocionantes do torneio na era dos pontos corridos (a partir de 2003).

Outros jogos marcaram a história do Brasileirão, como o encontro entre o Santos de Neymar e o Flamengo de Ronaldinho Gaúcho, em 2011. Confira abaixo, os principais shows de gols:

06/04/2003 – Vasco 6 x 4 Goiás

O jogo foi precedido pela chegada de Edmundo ao estádio de São Januário, de helicóptero, para sua quarta passagem pelo Vasco. O time da casa saiu na frente, o Goiás empatou; o Vasco fez 2 a 1, mas o Goiás conseguiu a virada. Debaixo de um temporal, o Vasco marcou três gols seguidos e virou novamente para 5 x 3. O visitante descontou, mas nos acréscimos, Marcelinho Carioca fechou o placar.

20/04/2003 – Ponte Preta 4 x 4 Paysandu

Jogando no Moisés Lucarelli, o Paysandu saiu na frente com gol do atacante Robgol. A Ponte empatou, o Paysandu fez 2 a 1, mas a Ponte virou para 4 a 2. O time paraense foi buscar o resultado e empatou a partida.

22/10/2003 – Bahia 4 x 7 Santos

A partida foi transmitida pela TV aberta de São Paulo e o torcedor que acompanhou não se arrependeu. Na antiga Fonte Nova, o Bahia abriu o placar com gol do atacante Didi, ex-Corinthians. O Santos empatou com um gol do meio do campo de Robinho e virou o jogo, mas o Bahia voltou a empatar. Ainda no primeiro tempo, Robinho fez o terceiro do Santos, mas o Bahia igualou novamente, com a jovem revelação Cícero. No começo da segunda etapa, Preto, cobrando falta, deixou o Bahia à frente pela primeira e única vez na partida. A partir daí, só deu Santos, que marcou quatro gols (dois com Diego, um de William e um de Fabiano) e ficou com a vitória.

29/08/2004 – Cruzeiro 4 x 4 Santos

No Mineirão, os dois últimos campeões brasileiros fizeram um grande jogo. Robinho marcou dois para o Santos, e Fred descontou para o Cruzeiro ainda no primeiro tempo. Na segunda etapa, Deivid e Elano marcaram outros dois para o clube paulista, que fez 4 a 1, mas o Cruzeiro buscou o resultado e empatou no fim.

06/08/2005 – Athletico-PR 5 x 4 Cruzeiro

Na Arena da Baixada, o Athletico fez o primeiro, sofreu o empate, mas virou o primeiro tempo vencendo por 2 a 1. No começo da segunda etapa, o Athletico fez o terceiro, mas o Cruzeiro logo descontou. O clube rubro-negro voltou a abrir vantagem para 4 a 2, mas sofreu o empate quatro minutos depois. No último lance da partida, Schumacher fez o gol do triunfo athleticano.

05/10/2005 – Palmeiras 5 x 3 Paysandu

No antigo estádio Palestra Itália, o Palmeiras abriu o placar com o argentino Sergio Gioino, mas minutos depois, ainda no fim do primeiro tempo, Rodrigo Broa empatou para o Paysandu. Na segunda etapa, os paraenses viraram o placar, mas o Palmeiras tomou a frente no placar com quatro gols seguidos. No fim da partida, Balão ainda descontou para o Paysandu.

16/07/2006 – Grêmio 4 x 4 Fluminense

O primeiro Grêmio x Fluminense marcante dos pontos corridos aconteceu em 2006, no primeiro ano em que os gaúchos retornaram da segunda divisão. No antigo estádio Olímpico, os gremistas marcaram 2 a 0, mas o Fluminense virou para 4 x 2 em 20 minutos no segundo tempo da partida, com destaque para a atuação do meia sérvio Petkovic. Mas aos 47 e aos 48 o Grêmio buscou o resultado.

21/10/2006 – Goiás 5 x 3 Santa Cruz

No Serra Dourada, o Santa Cruz saiu na frente com nove minutos de jogo. Ainda no primeiro tempo, o Goiás virou para 4 a 1, e sofreu o gol nos minutos finais. Na segunda etapa, o Santa Cruz voltou a marcar, mas sofreu o quinto gol quando buscava o empate.

Veja a tabela e classificação do Campeonato Brasileiro

01/11/2006 – Athletico-PR 6 x 4 Vasco

Na Arena da Baixada, o Athletico fez 1 a 0, mas o Vasco virou para 2 a 1 ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o time anfitrião fez 3 a 2, com dois gols de Marcos Aurélio. O Vasco voltou a virar, mas com três gols seguidos, o time mandante terminou com a vitória.

03/12/2006 – Corinthians 5 x 3 Juventude

Na última rodada do Brasileirão, Corinthians e Juventude fizeram partida equilibrada no Pacaembu. O Corinthians marcava, e o Juventude empatava, até que a partida ficou em 3 a 3. O terceiro gol do Juventude, no começo do segundo tempo, foi um gol olímpico de Marcel. O triunfo corintiano foi no fim da segunda etapa, com gols de Maquinhos Silva e Amoroso.

12/05/2007 – Figueirense 3 x 6 Athletico-PR

Na abertura do Campeonato Brasileiro, no estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis, com transmissão da TV aberta para Curitiba, o Athletico fez 3 a 0 ainda no primeiro tempo. Chicão, ainda na primeira etapa, descontou para os donos da casa, mas Alex Mineiro, duas vezes, no segundo tempo, fez 5 a 1 para os paranaense. O Figueirense descontou, mas um minuto depois, os athleticanos marcaram o sexto. Ainda no final do jogo, André Santos fez mais um para o Figueirense.

09/06/2007 – Náutico 4 x 4 Paraná

Jogando no estádio dos Aflitos, no Recife, o Náutico buscou um empate heroico contra o Paraná, que vencia por 3 a 0 com 16 minutos de jogo. O Náutico marcou dois gols, mas sofreu o quarto na metade do segundo tempo. Nos minutos finais da partida, Beto Acosta, duas vezes, empatou a partida, e foi expulso minutos depois.

20/10/2007 – Goiás 5 x 3 Fluminense

No Serra Dourada, o Fluminense marcou primeiro, mas ainda no fim do primeiro tempo, o Goiás fez 2 a 1. O zagueiro titular do Brasil nas Copas de 2014 e 2018, Thiago Silva, empatou para o Flu cobrando pênalti. Paulo Baier, também em penalidade, marcou o terceiro do Goiás, mas novamente Thiago Silva empatou o jogo, novamente da marca da cal. Nos minutos finais, Paulo Baier e Fábio Bahia fizeram os gols do triunfo goiano.

11/05/2008 – Portuguesa 5 x 5 Figueirense

Na primeira rodada do Campeonato de 2008, no Canindé, a Portuguesa fez 1 a 0, mas o Figueirense logo empatou, com Rodrigo Fabri, jogador revelado na Lusa. Ainda no primeiro tempo, o time paulista fez 2 a 1. No segundo tempo, o Figueirense empatou logo no começo em cobrança de falta de César Prates, mas a Portuguesa em seguida fez 5 a 2 até os 14 minutos da segunda etapa. O Figueirense chegou ao empate com dois gols marcados nos acréscimos.

07/12/2008 – Athletico-PR 5 x 3 Flamengo

Na última rodada do Brasileirão de 2008, o Athletico fez 2 a 0 ainda no primeiro tempo da partida disputada na Arena da Baixada. Ainda antes do intervalo, Marcelinho Paraíba descontou para o Flamengo, Júlio Sheik fez 3 a 1 para o Athletico, Marcelinho Paraíba descontou novamente. No segundo tempo, Zé Antonio e Alan Bahia, de pênalti, fizeram 5 a 2 para o time da casa. Nos acréscimos, Marcelinho Paraíba, também de pênalti, fez o último gol da partida. O Flamengo precisava apenas de um empate para se classificar para a Copa Libertadores de 2009.

29/11/2009 – Santo André 5 x 3 Náutico

Na penúltima rodada do Brasileirão de 2009, Santo André e Náutico, praticamente rebaixados, se enfrentaram no estádio Bruno José Daniel, com chuva. No primeiro tempo, o Santo André fez 2 a 0, o Náutico descontou com Carlinhos Bala, cobrando falta, mas o Santo André foi para o intervalo com 3 a 1 no placar. No segundo tempo, os paulistas fizeram 4 a 1, sofreram o o segundo gol e depois marcaram o quinto. No fim, o Náutico descontou novamente. O resultado rebaixou o Náutico nesta rodada.

27/07/2011 – Santos 4 x 5 Flamengo

Um dos mais clássicos jogos do Campeonato Brasileiro por pontos corridos, o duelo também é lembrado pelo embate entre Neymar e Ronaldinho Gaúcho. Ainda no começo do jogo, Borges marcou duas vezes para o Santos. Na sequência, Neymar fez o terceiro gol santista, uma pintura que lhe rendeu o prêmio Puskas de mais belo do ano. Ainda no primeiro tempo, Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves e Deivid empataram para o Flamengo. No segundo tempo, Neymar voltou a deixar o Santos na frente, mas Ronaldinho, duas vezes, deu a vitória para o Flamengo.

16/11/2011 – Fluminense 5 x 4 Grêmio

O segundo Fluminense x Grêmio que marcou história aconteceu no Engenhão e novamente começou com o time gaúcho na frente. O Grêmio fez 1 a 0, mas o Fluminense empatou no lance seguinte. Ainda no primeiro tempo, Marquinhos, de falta, deixou os gremistas na frente. No começo da segunda etapa, Fred e Rafael Róbis viraram para o Fluminense. Mas Brandão e Adilson, em minutos, colocaram o Grêmio novamente na frente. Coube a Fred, que marcou outros dois gols, dar a vitória ao Fluminense.

06/07/2013 – Internacional 5 x 3 Vasco

No Centenário, em Caxias do Sul, o Inter fez 2 a 0, mas o Vasco diminuiu ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, os zagueiros brilharam. Índio fez pelo Inter e Rafael Vaz descontou para o Vasco. Rafael Moura e D’Alessandro garantiram a vitória dos gaúchos na metade do segundo tempo, e Fellipe Bastos descontou para o Vasco no fim do jogo.

31/07/2013 – Coritiba 5 x 3 Ponte Preta

No Couto Pereira, em Curitiba, a Ponte saiu na frente, mas viu o Coritiba virar ainda no primeiro tempo. O clube de Campinas voltou a ficar na frente na segunda etapa, marcando 3 a 2. O Coritiba correu atrás e, com três gols, venceu a partia.

01/09/2013 – Cruzeiro 5 x 3 Vasco

No Mineirão, já reformado para a Copa, o Cruzeiro fez 1 a 0 no primeiro minuto de jogo. O Vasco empatou, mas o time mineiro fez 3 a 1. Antes do intervalo, o Vasco buscou o empate, com dois gols depois dos 40 minutos de jogo. Na segunda etapa, o Cruzeiro venceu com mais dois gols.

26/10/2013 – Cruzeiro 5 x 3 Criciúma

Campeão naquele ano e 2013, o Cruzeiro era uma máquina de fazer gols. Jogando novamente no Mineirão, contra o Criciúma, os mineiros fizeram 2 a 0, mas sofreram a virada ainda no primeiro tempo contra os catarinenses. Na segunda etapa, com dois gols de Borges e um de Dagoberto, o time mineiro conquistou a vitória.

05/06/2016 – Sport 4 x 4 Atlético-MG

Na Ilha do Retiro, o Atlético fez 1 a 0, sofreu o empate, mas voltou a abrir vantagem por 3 a 1. Ainda antes do intervalo, o Sport descontou e o Atlético-MG marcou 4 a 2, com Robinho, nos acréscimos. Na segunda etapa, Edmilson e Diego Souza empataram para os donos da casa.

30/06/2016 – Atlético-MG 5 x 3 Botafogo

No Mineirão, o Atlético-MG abriu o placar logo na saída de bola, com Cazares. Ainda no primeiro tempo, Robinho fez 2 a 0 e, no começo da segunda etapa, Fred ampliou para 3 a 0. O Botafogo descontou com Sassá, cobrando pênalti, mas Cazares, com belo gol em chute de longe fez 4 a 1 para o Atlético. O Botafogo voltou a marcar, mas novamente o Atlético respondeu com mais um gol. Nos acréscimos, o Botafogo voltou a descontar.

11/09/2016 – Sport 5 x 3 Santa Cruz

No único clássico regional da lista, o Sport recebeu o Santa Cruz na Ilha do Retiro. Keno fez 1 a 0 para o Santa Cruz no primeiro tempo. Na volta do intervalo, o Santa Cruz ampliou para 2 a 0. O Sport empatou o jogo, mas novamente o Santa voltou a estar na frente com gol de Bruno Moraes. No fim da segunda etapa, Ruiz empatou e nos acréscimos, Vinícius Araújo e Everton Felipe fizeram os gols do triunfo do Sport.

08/06/2017 – Chapecoense 3 x 6 Grêmio

Na Arena Condá, em Chapecó, o Grêmio fez 2 a 0, sendo que o primeiro gol foi um golaço do meio de campo marcado por Michel. A Chapecoense descontou, mas na segunda etapa, o Grêmio fez 4 a 1, com dois gols de Éverton Cebolinha. A Chape voltou a descontar, mas novamente Everton deixou o Grêmio na frente. Nos acréscimos, Arthur Caike fez o terceiro da Chape e Luan o sexto do Grêmio, fechando o placar.