Clique e assine com até 92% de desconto

Demitido do Lille, Bielsa trava batalha judicial por indenização

Treinador foi afastado do clube na última quarta-feira

Por EFE Atualizado em 28 nov 2017, 22h16 - Publicado em 28 nov 2017, 21h49

O técnico argentino Marcelo Bielsa iniciou uma batalha judicial contra o Lille em busca da definição de um valor de indenização após ter sido demitido do clube francês na semana passada. O advogado de Bielsa informou que recorrerá à Comissão Jurídica da Liga de Futebol Profissional da França para deixar registrada a quebra do contrato, após o clube ter comunicado na quarta-feira passada que o técnico não comandaria mais o time.

De acordo com o advogado, o treinador não foi chamado previamente para ser comunicado da demissão, como estabelece a legislação trabalhista francesa. Essa circunstância permite que ele reivindique uma indenização superior, que seria determinada por um tribunal.

  • Em comunicado divulgado nesta terça-feira, o Lille se posicionou a respeito das declarações do advogado. O clube argumentou que convocou Bielsa para uma reunião de demissão marcada para esta quarta-feira, mas reconheceu que enquanto durar o procedimento de quebra de contrato afastou o treinador “de forma preventiva”. O treinador deixou a equipe na penúltima posição do Campeonato Francês, após ter sido escolhido pelo proprietário do clube, o empresário Gerard López, para liderar um novo projeto com grandes ambições.

    Publicidade