Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Daniel Alves dá resposta controversa sobre morte de Davide Astori

"Todos os dias milhares de crianças morrem de fome e não recebem tanta atenção", afirmou o lateral do PSG sobre a tragédia com o capitão da Fiorentina

Por Luiz Felipe Castro Atualizado em 5 mar 2018, 21h34 - Publicado em 5 mar 2018, 14h33

Uma declaração do lateral brasileiro Daniel Alves sobre a morte do zagueiro Davide Astori causou bastante polêmica nesta segunda-feira, especialmente na Itália, terra natal do capitão da Fiorentina, que foi encontrado morto no domingo. Durante entrevista coletiva prévia ao duelo do Paris Saint-Germain contra o Real Madrid, pela Liga dos Campeões, Alves disse não ter ficado tão abalado com a tragédia. A imprensa italiana destacou a “frieza” e a “indiferença” do brasileiro.

“Não ficamos tão abalados porque não o conhecíamos muito. Sinto muito por sua família. Penso que Davide fez aquilo que gostaria neste mundo caótico e talvez esteja num lugar melhor agora. Mas todos os dias milhares de crianças morrem de fome e não recebem tanta atenção. E são tão importantes quanto. Todos nós vamos morrer, cedo ou tarde, porque estamos aqui de passagem. Estamos tristes, mas certamente não tanto quanto seus familiares”, afirmou Daniel Alves nesta segunda-feira, em Paris.

  • Os jornais La Gazzetta dello Sport e Corriere dello Sport, entre vários outros, destacaram a frieza nas palavras do brasileiro. Nas redes sociais, porém, muitos elogiaram Daniel Alves por “não ser hipócrita”. Também nesta segunda, a Uefa anunciou que fará um minuto de silêncio em homenagem a Astori antes das partidas da Liga dos Campeões e da Liga Europa nesta semana.

    Publicidade