Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Daniel Alves condena agressão de Neymar: ‘Tem de ter mais controle’

Lateral disse que o companheiro de PSG e seleção brasileira é "um moleque excepcional, mas um pouco esquentado"

Daniel Alves concedeu entrevista nesta terça-feira, 30, depois de mais uma derrota do Paris Saint-Germain –  por 3 a 2 para o Montpellier – e falou sobre agressão de seu companheiro e amigo Neymar a um torcedor no último fim de semana. O lateral-direito condenou a atitude do capitão da seleção brasileira, mas acredita que o erro servirá como aprendizado para o atacante de 27 anos.

“Era um momento bastante delicado, porque nós tínhamos perdido o jogo e o título, e ele estava de cabeça quente. Foi uma reação, acredito que não acertada naquele momento. Acho que não se pode instigar esse tipo de coisa, tem de ter mais controle”, afirmou Daniel Alves.

“São aprendizados que a vida dá, é preciso errar para melhorar. Não de tal forma, mas vai fazer com que ele evolua. O ‘Ney’ é um moleque excepcional e em certos momentos um pouco esquentado. Por mais que seja amigo, não podemos ser a favor desse tipo de coisa, mas acredito que ele aprendeu. À base de golpes, às vezes você aprende. Mas acredito que isso não pode acontecer”, completou.

Neymar também já havia sido criticado pelo técnico do PSG, Thomas Tuchel, e deve ser suspenso pela liga francesa por sua atitude – dias antes, ele foi suspenso pela Uefa por ter ofendido a arbitragem, mesmo sem poder atuar, na eliminação para o Manchester United, pela Liga dos Campeões.

Nesta terça, Neymar teve atuação discreta na derrota para o Montpellier, em jogo no qual o campeão PSG apenas “cumpria tabela”, a três rodadas do fim do Campeonato Francês.

(com Gazeta Press)