Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Cruzeiro tem 20 dias para pagar R$ 7 milhões por dívida de Arrascaeta

Se não quitar o valor, clube mineiro sofrerá nova punição da Fifa e ficará impedido de contratar; dívida total no último balanço era de quase R$ 900 milhões

Por Da Redação Atualizado em 10 jun 2021, 16h02 - Publicado em 10 jun 2021, 15h51

O Cruzeiro ganhou mais um grave problema para solucionar até o próximo dia 28. Eliminado precocemente da Copa do Brasil para o Juazeirense-BA, na última quarta-feira, o clube mineiro foi condenado pelo Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) a pagar 1,1 milhão de euros (aproximadamente 7 milhões de reais pela cotação atual), além de 20.000 francos suíços (112.000 reais) por custas processuais, ao Defensor Sporting por uma dívida envolvendo a contratação do meia uruguaio Arrascaeta, em 2015. A informação é do site Goal.com.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

O Tribunal não acatou o recurso apresentado pela defesa do clube. A sentença sobre o pagamento da dívida milionária foi definida em 28 de maio, com trinta dias de prazo sob a pena de transfer ban – punição imposta pela Fifa que impede os clubes de registrarem novos jogadores –, além de outras possíveis sanções.

  • Arrascaeta defendeu o Cruzeiro entre 2015 e janeiro de 2019, quando deixou o clube para atuar no Flamengo. Na ocasião, os cariocas desembolsaram 18 milhões de euros (79 milhões de reais à época) por 75% dos direitos econômicos do jogador.

    A crise em Belo Horizonte pode aumentar com novas ordens de cobranças referente a contratação de Riascos, em 2015, do Mazatlán, além da última parcela envolvendo o volante Denílson.

    No último ano, o Cruzeiro iniciou a Série B precisando superar a perda de seis pontos em punição imposta pela Fifa pelo não pagamento da dívida com o Al-Wahda, dos Emirados Árabes, pelo empréstimo do volante Denílson. A equipe acumulou problemas e dificuldades, terminando apenas na 11ª colocação, com 49 pontos, iniciando o seu centenário longe da elite.

    Pelo Cruzeiro, meia uruguaio conquistou duas edições da Copa do Brasil -
    Pelo Cruzeiro, meia uruguaio conquistou duas edições da Copa do Brasil – Buba Mendes/Getty Images

    O técnico Felipe Conceição, escolhido este ano para liderar o processo de reformulação no clube, foi demitido após a eliminação na Copa do Brasil. Em suas redes sociais, reclamou de falta de autonomia para colocar em prática a retomada desejada pela diretoria.

    Neste ano, em balanço financeiro divulgado no último dia 23 de abril, o clube informou que a sua dívida global chegou a 897 milhões de reais. Até setembro do último ano, o montante era de mais 1 bilhão de reais em dívidas, com uma dívida a curto prazo de 36,5% dos 897 milhões.

    UOL Esporte Clube | Assine e acompanhe transmissões de grandes jogos e programas esportivos de onde você estiver.

    Continua após a publicidade
    Publicidade