Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Cristiano Ronaldo faz 2 em virada de Portugal e bate mais um recorde

Craque de 36 anos ultrapassou o iraniano Ali Daei e se tornou o maior artilheiro de uma seleção, agora com 111 gols

Por Da Redação Atualizado em 1 set 2021, 18h55 - Publicado em 1 set 2021, 18h54

Cristiano Ronaldo não para. Aos 36 anos, o atacante português segue pulverizando e decidindo partidas. Nesta quarta-feira, 1º, o camisa 7 marcou duas vezes nos minutos finais e garantiu a vitória de Portugal diante da Irlanda, pela quarta rodada do Grupo A das eliminatórias europeias da Copa do Mundo de 2022, em Algarve. Com isso, Cristiano se isolou como o maior artilheiro de uma seleção nacional, com 111 bolas na rede, duas a mais que o iraniano Ali Daei, já aposentado.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

Recém-contratado pelo Manchester United, o atacante estava animado para bater o recorde e chegou a desperdiçar um pênalti logo no início da partida. A façanha só veio no fim da segunda etapa, aos 43 minutos, e também aos 50, ambas em jogadas de cabeça. “Sabíamos que o jogo estava bastante complicado. Era um recorde que queria muito bater” disse Cristiano Ronaldo em entrevista ao canal TNT Sports após o duelo. “Depois de errar o pênalti, fiquei um pouco triste, mas futebol é isso, acreditar até o fim.”

Cristiano possui uma coleção de recordes. Recentemente, tornou-se o maior artilheiro da Eurocopa, com 14 gols, ultrapassando o francês Michel Platini. O camisa 7 é também é o maior artilheiro da história da Liga dos Campeões (134), do Real Madrid (450), e até mesmo da história do futebol em jogos oficiais (785) – ultrapassou os 767 de Pelé em março.

  • Contando artilharias possíveis, dos campeonatos que Cristiano Ronaldo disputou ou disputa, lhe falta uma especial: o da Copa do Mundo. Ele tem seis gols em quatro Mundiais disputados, dez a menos que o recordista, o alemão Miroslav Klose. O jogador se despediu da Série A italiana com 81 tentos, bem atrás do recordista Silvio Piola com 274. Na liga espanhola, marcou 311 vezes pelo Real Madrid, atrás apenas de Lionel Messi, do Barcelona, com 474.

    Dono de cinco Bolas de Ouro como melhor jogador do mundo, Cristiano também tem uma galeria invejável de conquistas coletivas. Cristiano tem cinco troféus das Ligas dos Campeões (uma pelo Manchester United e quatro pelo Real Madrid), quatro Mundiais de Clubes, sete ligas nacionais (somando passagens por Inglaterra, Espanha e Itália) e a Eurocopa de 2016 por Portugal, entre tantos outros. Neste sentido, a Copa do Mundo também é o único entrave da carreira do jogador. Em 2022, ele deve realizar sua última tentativa, aos 37 anos. Alguém ousaria duvidar de CR7?

    Continua após a publicidade
    Publicidade