Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Cristiano Ronaldo é eleito o melhor jogador de 2018 no Globe Soccer Awards

Craque português também faturou o prêmio de gol do ano, pela bicicleta que deu pelo Real Madrid contra seu atual clube, a Juventus

Cristiano Ronaldo, da Juventus, recebeu nesta quinta-feira, 3, em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos, o prêmio de melhor jogador de 2018 na cerimônia do Globe Soccer Awards. O atacante português superou os atacantes franceses Antoine Griezmann, do Atlético de Madrid, e Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain, os outros finalistas da premiação oferecida pela ECA e pela EFAA, as associações europeias de clubes e de agentes de futebol, respectivamente.

Cristiano Ronaldo, que jogou a primeira metade do ano no Real Madrid, também venceu o prêmio de gol mais bonito do ano, feito de bicicleta, justamente diante de sua atual equipe, a Juventus, na Liga dos Campeões.

“Estou muito feliz por ganhar mais um prêmio. Sonho ganhar muitas coisas com a Juventus. O que aconteceu em 2018 já passou. Gosto de desafios, a minha nova vida é na Juventus. Obrigado ao povo árabe que me recebeu tão bem. E claro, obrigado aos mais novos, são a minha motivação. Também jogo por eles, me motivam a jogar bem e marcar gols. As crianças são o futuro”, discursou Cristiano.

Esta foi a sexta vitória de Cristiano no Globe Soccer Awards, depois de ganhar os prêmios de 2011, 2013, 2014, 2016 e 2017. O português só não levantou o troféu em 2010, quando não houve premiação ao jogador do ano, em 2012, quando o colombiano Falcao García venceu, e em 2015, quando o ganhador foi o argentino Lionel Messi.

Uma das estrelas da festa foi o ex-atacante brasileiro Ronaldo, que foi homenageado pela carreira como jogador, assim como o ex-meia croata Zvonimir Boban e o atual jogador francês Blaise Matuidi, campeão mundial pela França.

Didier Deschamps, também campeão na Rússia, foi premiado como o melhor técnico de 2018, superando Diego Simeone, do Atlético de Madrid, o italiano Massimiliano Allegri, da Juventus; o alemão Jürgen Klopp, do Liverpool; e o compatriota Zinedine Zidane, ex-Real Madrid. O técnico italiano Fabio Capello, por sua vez, também foi lembrado pelo conjunto da obra na direção de equipes.

O clube do ano, por sua vez, foi o Atlético de Madrid, campeão da Liga Europa e da Supercopa da Espanha, que superou o Real Madrid e o Liverpool, campeão e vice da Liga dos Campeões. O português Jorge Mendes, pela nona vez em dez anos, ganhou como melhor agente de jogadores, e recebeu o prêmio de seu principal cliente, Cristiano Ronaldo; o italiano Fabio Paratici, da Juventus, foi eleito o melhor diretor- esportivo de clube.

Os vencedores do Globe Soccer Awards:

Melhor jogador do ano: Cristiano Ronaldo (Real Madrid/Juventus)

Melhor técnico do ano: Didier Deschamps (França)

Gol mais bonito do ano: Cristiano Ronaldo (pelo Real Madrid contra a Juventus)

Melhor clube do ano: Atlético de Madrid (Espanha)

Prêmio pela carreira: Ronaldo (Brasil)

Prêmio pela carreira para treinador: Fabio Capello (Itália)

Prêmio pela carreira para jogador em atividade: Blaise Matuidi (Juventus)

Prêmio especial da carreira: Zvonimir Boban (Croácia)

Melhor agente de jogador: Jorge Mendes (Portugal)

Melhor diretor esportivo: Fabio Paratici (Juventus)

Prêmio pela carreira para jogador árabe: Sami Al-Jaber (Arábia Saudita)

Melhor árbitro árabe: Mohammed Abdullah

(com agência EFE)