Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Cristiano pode pegar longa suspensão por empurrão em árbitro

Craque português ficou inconformado após ser expulso na vitória sobre o Barcelona por uma suposta simulação e pode pegar de 4 a 12 jogos de gancho

Por Da redação 14 ago 2017, 09h58

Cristiano Ronaldo foi o grande personagem da vitória por 3 a 1 do Real Madrid sobre o rival Barcelona, no Camp Nou, na primeira partida da decisão da Supercopa da Espanha. Ele entrou no segundo tempo, marcou um golaço, provocou a torcida catalã e, pouco depois, foi expulso por, segundo o árbitro, tentar simular um pênalti. Inconformado com a decisão, Cristiano chegou a empurrar o árbitro Ricardo de Burgos, gesto que pode lhe causar uma pena alta: suspensão de quatro a 12 jogos.

O craque português do Real Madrid levou o primeiro cartão amarelo por tirar a camisa depois do lindo gol marcado. A expulsão veio pouco depois, quando Cristiano caiu na área após dividida com Samuel Umtiti e o árbitro considerou simulação. O árbitro Ricardo de Burgos ainda registrou o leve empurrão pelas costas que recebeu do astro na súmula do jogo. “Depois que eu mostrei o cartão vermelho, o jogador me empurrou como um sinal de desconforto.”

  • O técnico Zinedine Zidane protestou contra a marcação do árbitro após a partida. “O que me incomoda na expulsão é o peso. Pode não ter sido pênalti, mas o segundo cartão foi exagero”, cravou o francês na entrevista coletiva no Camp Nou. O Real Madrid também protestou contra a marcação de um pênalti para o Barcelona, convertido por Lionel Messi, em lance em que Luis Suárez se atira após leve contato com o goleiro Keylor Navas.

    Dependendo da punição que Cristiano Ronaldo sofrer, o português pode desfalcar o Real Madrid nas primeiras rodadas do Campeonato Espanhol. Ele já está fora do jogo de volta da Supercopa da Espanha, que será realizado nesta próxima quarta-feira no estádio Santiago Bernabeu, em Madrid.

    (com agência Ansa)

    Continua após a publicidade
    Publicidade