Clique e assine a partir de 9,90/mês

Coronavírus: Conmebol antecipará prêmio para ajudar clubes a pagar contas

As equipes que disputam Libertadores e Sul-Americana poderão solicitar até 60% referente à participação, para amenizar efeitos da suspensão das competições

Por Danilo Monteiro - 26 mar 2020, 13h25

A Conmebol anunciou nesta quinta-feira 26 que irá antecipar aos clubes até 60% do pagamento referente a participação na Copa Libertadores da América e na Copa Sul-Americana. A decisão foi tomada para ajudar as equipes durante a imprevista suspensão das principais competições esportivas do mundo, devido à pandemia de coronavírus.

“Situações como essa exigem respostas rápidas e excepcionais, com o objetivo tanto de preservar a saúde da grande família do futebol sul-americano quanto para reduzir, na medida do possível, o impacto econômico da interrupção das competições”, comunicou Alejandro Domínguez, presidente da Conmebol, em nota.

Várias equipes ao redor do mundo estão com dificuldades e buscando acordos para reduzir o salário dos jogadores e conseguir sustentar a folha salarial. Na Alemanha, por exemplo, os próprios atletas do Bayern de Munique e Borussia Dortmund aceitaram de forma voluntária a redução de seus pagamentos para ajudar seus clubes a manter as contas em dia, já que toda a renda de público e de participação em torneios está suspensa.

No Brasil, a Federação Nacional de Atletas de Futebol Profissional (Fenapaf), que representa os jogadores de todas as divisões do Campeonato Brasileiro, rejeitou a proposta dos clubes de reduzir o salário dos atletas, em carta enviada na última quarta-feira à Comissão Nacional de Clubes (CNC). A comissão ofereceu, no início desta semana, férias coletivas de 20 dias em abril, mais 10 dias de folga ao final do ano e redução de 25% no salário dos jogadores.

Publicidade