Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Corinthians, CR7, Hamilton: o esporte critica as queimadas na Amazônia

Clube brasileiro e vários atletas se manifestaram sobre o incêndio que assola a região

As queimadas dos últimos dias na Amazônia vem causando repercussão no mundo todo. As celebridades puxaram a fila e iniciaram os protestos nas redes sociais. Em seguida, atletas de relevância mundial, como o atacante Cristiano Ronaldo e o piloto Lewis Hamilton, aderiram ao movimento e demonstraram sua opinião usando a hashtag #PrayForAmazonia (“Reze pela Amazônia”).

Cristiano Ronaldo relembrou que a Amazônia produz mais de 20% do oxigênio do mundo e está queimando há três semanas. “É nossa responsabilidade ajudar a salvar nosso planeta”.

O pentacampeão de Fórmula 1 Hamilton afirmou que é devastador ver o mundo sofrendo e fez uma comparação com o esporte para explicar o tamanho da destruição. “Um espaço maior que um campo de futebol está sendo queimado a cada minuto”.

Até um clube brasileiro fez o seu protesto. O Corinthians editou um vídeo que mostra a região da Amazônia no mapa brasileiro pegando fogo dentro do símbolo da equipe – a bandeira brasileira está dentro da paulistana, no centro do escudo.

Daniel Alves, do São Paulo, o francês Kylian Mbappé, o argentino Paulo Dybala, da Juventus, e o jogador espanhol de basquete Pau Gasol foram outros que se manifestarem via redes sociais:

Daniel Alves, jogador do São Paulo

Pau Gasol, jogador de basquete

Paulo Dybala, atacante da Juventus

Kylian Mbappé, atacante do Paris Saint-Germain