Clique e assine a partir de 9,90/mês

Copa do Mundo: 2ª fase tem 4 milhões de ingressos solicitados

Brasil é o quinto país que mais procurou entradas para o Mundial

Por Estadão Conteúdo - Atualizado em 26 jan 2018, 15h16 - Publicado em 26 jan 2018, 13h16

Perto do fim de mais uma etapa de venda de ingressos para a Copa do Mundo da Rússia, a Fifa anunciou nesta sexta-feira que o número de bilhetes solicitados superou a marca de 4 milhões. Ao todo, foram pedidos 4.021.211 tíquetes para o torneio, que será disputado em junho. Os pedidos podem ser feitos pelo site da entidade até o dia 31 deste mês.

Ao fim desta primeira etapa da segunda fase de vendas, que teve início no dia 5 de dezembro, a entidade vai sortear quem poderá adquirir os ingressos. 

A maior demanda vem da Rússia, com 45% das solicitações. O Brasil também está entre os países que mais buscam ingressos até agora, sendo superado somente por Alemanha, Argentina e México, além da própria Rússia

Outros países com grande demanda por tíquetes são Peru, Polônia, Espanha, Colômbia, Estados Unidos e Holanda, sendo que esses dois últimos não se classificaram para a Copa. Os valores variam de 1.280 rublos (cerca de 72 reais) a 66.000 rublos (3.700 reais).

Continua após a publicidade

Nesta fase de compra de ingressos, os torcedores podem solicitar bilhetes para partidas específicas. Todos os jogos estão disponíveis, exceto o confronto de abertura e a final. Há também a possibilidade de pedir tíquetes para jogos em apenas uma cidade ou para seguir determinada seleção. Caso a demanda supere o número de ingressos disponíveis, a Fifa sorteará as entradas. O resultado sairá em março.

Tabela completa de jogos da Copa do Mundo 2018, com dias e horários

 

Publicidade