Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Copa do Brasil: São Paulo derrota o CSA e se classifica

Após um primeiro tempo apagado, equipe paulista se impôs na etapa final e chegou com facilidade aos 2 a 0

O São Paulo não deu chance para a zebra e se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil, ao vencer o CSA (AL) nesta quinta-feira por 2 a 0, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, com gols de Nenê e Cueva (pênalti), ambos marcados no segundo tempo. O time paulista fez uma partida ruim na primeira etapa, mas após marcar logo no início do segundo tempo, conseguiu impor sua melhor qualidade técnica e encaminhou a vaga sem sustos. Na próxima fase, enfrentará o CRB, também de Alagoas, que eliminou o Novo Hamburgo por 2 a 1, nos pênaltisapós empate em 1 a 1 no tempo normal.

Empolgado pela torcida, o CSA começou apertando o São Paulo, tentando pelo menos dois chutes de longa distância que levaram algum perigo ao goleiro Sidão. O time paulista procurava como alternativa fazer com que a bola passasse necessariamente pelos pés de Nenê, Cueva e Diego Souza, mas sem conseguir criar chances reais de gol contra a equipe de Alagoas.

Mesmo sofrendo com a correria do CSA pelos lados do campo, o São Paulo foi quem conseguiu a primeira chance clara de gol. Aos 24 minutos, Nenê levantou a bola para a área, Diego Souza escorou e acabou sobrando para Rodrigo Caio, que estava no meio da área e tocou fraquinho, sem levar perigo ao gol de Mota.

Os donos da casa reduziram um pouco o ritmo até o final da etapa inicial, mas ainda assim foi o time que ditou o ritmo do jogo. Se houvesse um vencedor no primeiro tempo, este seria o CSA, enquanto o São Paulo padecia de uma lentidão impressionante e não conseguia ameaçar os alagoanos.

O segundo tempo começou e logo o São Paulo chegou ao primeiro gol. Aos 4 minutos, Marcos Guilherme fez um ótimo cruzamento para Nenê tocar longe do goleiro.

O gol fez bem ao time paulista, que passou a se arriscar mais, inclusive tentando chutes de longa distância, com Digo Souza. E o meia-atacante acabou sofrendo um pênalti do goleiro Mota, aos 14. O peruano Cueva, com muita categoria, cobrou no canto esquerdo e ampliou para 2 a 0.

Com dois gols de desvantagem, o CSA buscou diminuir a diferença, mas sem a mesma efetividade do primeiro tempo. Isso deixou o São Paulo à vontade para explorar os contra-ataques e controlar bem a partida. Tanto que o técnico Dorival Júnior se deu ao luxo de tirar Nenê e Cueva, já de olho no clássico do final de semana, pelo Campeonato Paulista, contra o Santos. Ele aproveitou até para promover a estreia do meia Valdívia.

Outros jogos

Na noite desta quinta-feira, outras quatro partidas foram disputadas pela segunda fase da Copa do Brasil. Destaque para a classificação do Fluminense, que não tomou conhecimento do Salgueiro e goleou por 5 a 0, no Rio de Janeiro. Em Salvador, o Vitória também não teve problemas para avançar, ao fazer 3 a 0 no Corumbaense.

A surpresa acabou ficando para a eliminação do Sport, que começou fazendo 3 a 0 no Ferroviário (CE), mas permitiu o empate em 3 a 3 e acabou perdendo nos pênaltis por 4 a 3.