Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Copa América: ataque gera maiores dúvidas na convocação de Tite

Treinador da seleção brasileira anunciará os 23 convocados na sexta-feira. Em baixa, nomes importantes podem ficar de fora da lista

O técnico Tite anunciará na sexta-feira 17, às 11h (de Brasília), na sede da CBF, no Rio de Janeiro, os 23 convocados da seleção brasileira para a Copa América, que será disputada no Brasil de 14 de junho a 7 de julho. A lista final ainda tem muitos ‘buracos’, por causa da incerteza em relação a antigos líderes da equipe e da disputa acirrada com jovens promissores em cada setor do campo. Devido a questões disciplinares, nem mesmo Neymar tem presença 100% assegurada.

Tabela completa de jogos da Copa América 2019

Entre os poucos garantidos estão os goleiros Alisson, do Liverpool, e Ederson, do Manchester City, o zagueiro Marquinhos, do PSG, e o volante Casemiro, do Real Madrid. A principal dúvida de Tite será no ataque, pela grande quantidade de candidatos a uma vaga. Outro dilema para o técnico é o de Neymar, que agrediu um torcedor na França e ainda não sabe se sofrerá punições na seleção, como a perda da faixa de capitão ou até mesmo uma desconvocação – como já ocorreu com Douglas Costa, cortado depois de dar uma cusparada em um adversário em jogo da Juventus.

As dúvidas e certezas da convocação

Goleiros:

Garantidos: Alisson e Ederson

Dúvidas:

Cássio: Goleiro do Corinthians leva vantagem, pois foi o terceiro goleiro na Copa do Mundo e vive grande fase.

Weverton: Campeão olímpico em 2016, jogador do Palmeiras ganhou chances de Tite nos últimos dois amistosos do Brasil, contra Panamá e República Checa.

Neto: goleiro do Valencia é quem tem menos chances, mas já foi convocado por Tite no ano passado, às vésperas da Copa da Rússia.

Defensores:

Garantidos: Marquinhos e Eder Militão

Dúvidas:

Daniel Alves: O lateral-direito de 36 anos manteve a regularidade no PSG e sua experiência é o fator que o elege como favorito a ser convocado. No entanto, ele perdeu a Copa da Rússia e outros amistosos por lesão.

Fagner: A convocação do jogador do Corinthians foi uma das mais contestadas da Copa da Rússia, mas o lateral vive uma das melhores fases de sua carreira e tem a confiança do treinador.

Danilo: O lateral-direito do Manchester City corre por fora na disputa, porque é reserva na equipe campeã inglesa e fez poucos jogos na temporada.

Marcelo: O lateral-esquerdo era titular absoluto na seleção e no Real Madrid, mas teve péssima temporada e chegou a integrar o banco de reservas do time espanhol.

Filipe Luis: Titular do Atlético de Madri, o lateral-esquerdo é o favorito para ir à Copa América, pela força defensiva e regularidade.

Alex Sandro: Também pleiteia vaga na lateral-esquerda, mas, apesar da titularidade na Juventus, ainda não conseguiu se firmar na seleção brasileira.

Alex Telles: O lateral-esquerdo fez grande temporada pelo Porto, chegando às quartas da Champions e sendo convocado por Tite para os dois últimos amistosos do Brasil.

Dedé: O zagueiro se consolidou como um dos melhores do país e ajudou o Cruzeiro a ser campeão da Copa do Brasil. Vem sendo chamado com frequência por Tite.

Miranda: O zagueiro de 34 anos apareceu em diversas das últimas convocações, mas foi para o banco de reservas da Inter de Milão nesta temporada e pode ficar de fora do torneio sul-americano.

Thiago Silva: Aos 34 anos, foi titular absoluto do PSG mais uma vez e se destacou na Copa da Rússia, o que o credita como um dos favoritos para conquistar a vaga

Rodrigo Caio: O zagueiro reencontrou o bom futebol no Flamengo e se tornou peça-chave da equipe neste início de temporada. É constantemente elogiado por Tite.

Pedro Geromel: Assim como Dedé, tem sido o destaque na posição nos campeonatos nacionais. Titular no Grêmio, ele foi levado por Tite ao Mundial da Rússia.

Felipe: Participou da ótima campanha do Porto na Champions. O zagueiro trabalhou com Tite no Corinthians e pode ser a novidade na seleção para a Copa América.

Cássio, Fagner e Geromel foram convocados à seleção

Cássio, Fagner e Geromel estiveram na Rússia, mas não estão garantidos na Copa América (Montagem sobre/Mowa Press)

Meio-campistas:

Garantidos: Casemiro, Arthur, Lucas Paquetá e Phillipe Coutinho

Dúvidas:

Fabinho: Polivalente, o volante/lateral vem brilhando pelo Liverpool na Liga dos Campeões e tem boas chances de ser lembrado por Tite.

Fernandinho: Apesar das críticas sofridas depois da eliminação para a Bélgica na Copa do Mundo, o volante de 34 anos tem o respaldo absoluto de Tite e foi novamente campeão inglês pelo Manchester City.

Renato Augusto: O meia de 31 anos é outro jogador de confiança de Tite, que foi pessoalmente até a China para monitorar sua boa fase no Beijing Guoan.

Alan: o volante do Napoli, que negou convites da seleção italiana, ganhou chances com Tite e agradou. Crescimento de Fabinho, no entanto, pode atrapalhá-lo.

Felipe Anderson: o meia recuperou seu jogo atuando pelo West Ham, da Inglaterra, e já recebeu chances de Tite. Aos 26 anos, é uma das opções para “rejuvenescer” o setor.

Paulinho: Um dos jogadores preferidos de Tite, o volante atua pelo Guangzhou Evergrande, da China, e corre por fora pela vaga na Copa América.

Bruno Henrique: o volante do Palmeiras vem mantendo regularidade e pode sonhar com a vaga. Apesar de jamais ter sido convocado por Tite, está no álbum oficial da Copa América.

Philippe Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus, durante jogo contra Argentina, válido pelas qualificatórias da Copa do Mundo Rússia, em Belo Horizonte, Minas Gerais

Destaques antes da Copa, Coutinho, Neymar e Gabriel Jesus vivem má fase (Pedro Vilella/Getty Images)

Atacantes:

Garantidos: nenhum

Dúvidas:

Neymar: sua presença como dúvida se deve exclusivamente às questões disciplinares. É improvável, no entanto, que Tite abra mão de seu principal jogador.

Roberto Firmino: o atacante do Liverpool também é presença constante nas convocações e favorito a ficar com a vaga após mais uma boa temporada, mas vem enfrentando problemas físicos – além de uma forte concorrência.

Gabriel Jesus: o titular da Copa de 2018 foi novamente campeão pelo City, mas passou a maior parte da temporada na reserva e, por isso, não tem presença assegurada.

David Neres: o jovem de 21 anos brilhou nesta temporada pelo Ajax e aproveitou muito bem a sua chance no amistoso contra a República Checa. Na ocasião, o atacante revelado pelo São Paulo foi chamado para a vaga de Vinícius Junior, cortado. Tem boas chances de integrar a lista.

Richarlison: após mais uma boa temporada na Inglaterra, agora jogando pelo Everton, o atacante de 22 anos mantém esperanças de disputar sua primeira competição oficial pela seleção

Vinícius Junior: o atacante revelado pelo Flamengo vinha sendo um dos destaques do Real Madrid até se lesionar diante do Ajax na Liga dos Campeões. Recuperou-se recentemente e segue na briga.

Everton: o atacante do Grêmio também vem sendo lembrado com frequência por Tite e manteve a regularidade jogando pelo clube gaúcho.

Lucas Moura: era praticamente carta fora do baralho, mas ganhou fôlego na disputa depois de marcar três gols e levar o Tottenham à final da Liga dos Campeões. Já foi convocado por Tite para os amistosos contra Arábia Saudita e Argentina depois do corte de Everton.

Dudu: o atacante do Palmeiras, eleito o melhor jogador do Brasileirão 2018, não vem recebendo chances e corre por fora na disputa.