Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Convocada por Vadão, atacante Adriana sofre lesão e já se vê fora da Copa

Jogadora do Corinthians sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo durante clássico contra o Santos

A seleção brasileira feminina sofreu uma baixa importante no grupo que disputará o Mundial em junho. Convocada nesta quinta-feira, 16, a meia-atacante Adriana não poderá integrar o elenco porque sofreu uma lesão grave no joelho esquerdo, que foi confirmada pelo Corinthians.

Adriana se machucou durante o lance do gol que marcou sobre o Santos na partida válida pelo Campeonato Paulista, na quarta-feira, vencida pelo Corinthians por 3 a 2. No lance, a atleta chutou para o gol e tentou pular a goleira rival para evitar o choque. Ao aterrissar no chão, acabou caindo de mau jeito e sofreu a lesão na hora.

Nesta quinta, o Corinthians revelou por meio de nota oficial que realizou um exame preliminar durante a tarde, que detectou a ruptura do ligamento. A atleta será novamente avaliada pelo médico Joaquim Grava, que irá definir qual o grau da lesão. Apesar disso, a própria atleta sabe que não terá chances de disputar o torneio com a seleção feminina.

“Infelizmente por mais uma vez meu sonho terá que ser adiado”, afirmou Adriana, em publicação nas redes sociais. “Mas eu prometo a cada um de vocês que trabalharei firme e determinada para superar os meus limites e voltar ainda mais forte. Quero agradecer também a todos que acreditaram no meu trabalho e pela oportunidade que me deram até aqui”.

Adriana foi uma das 23 convocadas do técnico Oswaldo Alvarez, o Vadão, para a disputa do Mundial, com sede na França e início no próximo dia 7 de junho. Dentre os destaques da convocação está a presença da meia Formiga, que, aos 41 anos, deverá disputar a sua sétima Copa do Mundo – recorde dentre os naipes masculino e feminino.

A meia-atacante do Corinthians, por sua vez, vivia a melhor fase da carreira. Aos 23 anos, ela havia sido eleita a melhor jogadora do Campeonato Brasileiro de 2018, marcando 14 gols na campanha do título do time. Ela era uma das quatro jogadores da equipe da capital a integrar a lista de Vadão – que, curiosamente, não convocou nenhuma atleta do Santos, time comandado por Emily Lima, ex-técnica do Brasil.

A seleção fará a sua estreia no Mundial em 9 de junho, contra a Jamaica. Depois, no dia 13, enfrenta a Austrália. E encerra a participação na primeira fase contra a Itália, no dia 18. O grupo convocado por Vadão, que buscará o inédito título mundial, se apresentará para os treinos em 21 de maio.