Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Conmebol doará doses de vacina contra Covid-19 para imunizar atletas

Entidade recebeu 50.000 doses de laboratório chinês e utilizará nos jogadores; foco serão os participantes da Copa América e da Libertadores

Por Da Redação Atualizado em 13 abr 2021, 12h01 - Publicado em 13 abr 2021, 11h36

A Conmebol anunciou na manhã desta terça-feira, 13, que repassará à jogadores de equipes do futebol sul-americano a doação da empresa farmacêutica chinesa Sinovac Biotech de 50.000 doses de vacina contra Covid-19. Em comunicado, a entidade disse que a imunização priorizará times de futebol de primeira categoria, tanto de torneios masculinos como femininos.

“É a melhor notícia que a família do futebol sul-americano poderia receber. Este é um grande passo para derrotar a pandemia Covid-19, mas de forma alguma significa que estamos baixando a guarda. Vamos manter o nosso trabalho responsável, que nos permitiu concluir os nossos torneios com tranquilidade e sem alterar formatos”, disse o presidente Alejandro Domínguez.

Entre as prioridades da entidade, deve estar a imunização de envolvidos na disputa da próxima Copa América, que acontecerá entre os dias 13 de junho e 10 de julho, na Argentina e na Colômbia, reunindo dez seleções sul-americanas. O torneio já foi adiado no último ano e tem a previsão de público no estádio.

A Libertadores deve ser o passo seguinte. A competição teve sorteados os grupos no último dia 9, com 32 equipes, com a presença de até oito clubes brasileiros, condicionados as classificações de Grêmio e Santos, que ainda disputa a fase preliminar da competição.

Continua após a publicidade
Publicidade