Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Conflito político: zagueiro ucraniano é criticado por ida a clube russo

A transferência de Yaroslav Rakitskiy não agradou seus compatriotas, que vivem crise com a Rússia após a anexação da Crimeia

O Zenit St. Petersburg anunciou nesta terça-feira, 29, a contratação do zagueiro ucraniano Yaroslav Rakitskiy, que estava no Shakhtar Donetsk. O jogador recebeu duras críticas em seu país pela decisão de atuar na Rússia, devido aos conflitos políticos entre as duas nações.

As tensões na região continuam altas após a anexação pela Rússia da península da Crimeia, em 2014, e seu apoio a separatistas na região leste da Ucrânia. Alguns meios de comunicação ucranianos, inclusive, questionaram se Rakitskiy deveria deixar de ser convocado para a seleção nacional, e seu perfil no Instagram ficou repleto de ofensas.

Rakitskiy, de 29 anos, assinou contrato até o fim da temporada 2022/2023, depois de passar toda a sua carreira no time de Donetsk, pelo qual conquistou sete vezes o título do Campeonato Ucraniano. Na seleção, o zagueiro foi convocado para as edições de 2012 e 2016 da Eurocopa.

O jogador não respondeu diretamente às críticas, mas agradeceu ao Shakhtar, aos seus torcedores e proprietário, em uma publicação nas suas redes sociais. “Eu passei de um time de top como o Shakhtar para outro time top como o Zenit. Eu vou fazer tudo o que puder e colocar 100% no campo pela equipe para que o time sempre vença”, disse.