Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Confederação Asiática multa federação de Hong Kong por vaias

Vaias ao hino da China aconteceram antes da partida contra o Líbano, pelas Eliminatórias da Copa da Ásia

Por EFE - 20 dez 2017, 13h17

A Confederação Asiática de Futebol (AFC, na sigla em inglês) anunciou nesta quarta-feira ter multado a federação de Hong Kong por vaias dos torcedores ao hino da China, antes de jogo pelas Eliminatórias da Copa da Ásia, com o Líbano, no mês passado. Hong Kong é uma região administrativa especial da China, na costa Sul do país.

Antes de a bola rolar, na partida realizada em 14 de novembro, boa parte do público presente no Hong Kong Stadium, se manifestou contra a execução do símbolo chinês, muitos, inclusive, proferindo gestos ofensivos, em prática que se tornou comum no local. De acordo com a AFC, os atos violam o código ético e disciplinar da entidade. Além disso, a punição pode ser “mais severa”, caso haja repetição das manifestações.

A federação de Hong Kong já foi multada pela Fifa duas vezes por vaias ao hino da China. A Confederação Asiática, no entanto, nunca havia se manifestado sobre o assunto. O governo local, em outubro deste ano, anunciou uma lei que previa prisão de três anos em caso de desrespeito a “Marcha dos Voluntários”, a canção símbolo chinesa.

Publicidade