Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Com dólar em alta, premiação “congelada” da Libertadores se valoriza

Torneio pagará mais ao campeão do que a TV pagará aos grandes no Paulista

Por Redação PLACAR Atualizado em 20 fev 2017, 10h55 - Publicado em 24 set 2015, 16h59

A alta o dólar, muitas vezes criticado para a população, pode ser muito boa para os clubes de futebol que disputam a Copa Libertadores em 2016. Com a moeda dos EUA a R$ 4,20, a premiação ao campeão da Copa Libertadores, mesmo congelado, passa a valer muito mais.

Atualmente, o campeão da Libertadores ganha 5,1 milhões de dólares, ou 5,3 milhões se jogar a fase preliminar. Com o dólar a esse valor, a premiação passa a ser R$ 21,4 milhões ou R$ 22,3 milhões para o time que joga a preliminar.

Com esse valor, a premiação do torneio passa a ser maior que a do valor corrigido da televisão do Campeonato Paulista, estadual que mais paga em cotas de TV. Nesta semana, um novo valor foi negociado com Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo, em que cada um deles receberá R$ 17 milhões pela disputa do estadual, pagos pela Rede Globo.

Contudo, o valor ainda é muito aquém comparado ao que se paga na Europa. Um clube que disputa a fase de grupos recebe 8,6 milhões de euros (R$ 39,1 milhões), enquanto o campeão pode receber até 37,4 milhões de euros (cerca de R$ 170 milhões).

Continua após a publicidade
Publicidade