Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Tigres vence o Ulsan e enfrentará o Palmeiras no Mundial de Clubes

Liderado pelos gols do francês Gignac, time mexicano venceu de virada o confronto inaugural da competição; duelo com brasileiros acontece no domingo, às 15h

Por Da Redação Atualizado em 8 fev 2021, 19h00 - Publicado em 4 fev 2021, 12h58

O Palmeiras já sabe quem será seu adversário na semifinal do Mundial de Clubes. O Tigres confirmou nesta quinta-feira, 4, o favoritismo e venceu por 2 a 1 de virada o Ulsan Hyundai, da Coréia do Sul, no estádio Ahmad Bin Ali, em Al Rayyan, no Catar, em partida inaugural pelas quartas de final do torneio.

Com dois gols do atacante francês André-Pierre Gignac, um deles um pênalti marcado com auxílio do VAR, a equipe mexicana assegurou classificação à semifinal diante atual campeão da Libertadores, em jogo marcado para o próximo domingo, 7, às 15h (de Brasília).

O jogo começou em ritmo sonolento, com a primeira finalização apenas aos 18 minutos do primeiro tempo, em um chute rasteiro de fora da área do atacante Ji-Hyun Kim pela equipe coreana. A resposta dos mexicanos aconteceu logo na sequência, um minuto depois, com Gignac, mas o Ulsan foi mais efetivo. Em cobrança de escanteio, aos 23, o zagueiro e capitão Kee-Hee Kim desviou para inaugurar o placar.

Precisando de uma resposta, o Tigres mudou a postura e passou a pressionar, criando uma série de oportunidades. Aos 37, também em cobrança de escanteio do volante brasileiro Rafael Carioca, o atacante Gignac aproveitou um desvio e finalizou de primeira para empatar a partida.

Já nos acréscimos do primeiro tempo, em um cruzamento, a arbitragem recorreu ao VAR para confirmar um toque de mão do autor do gol da equipe coreana, Kee-Hee Kim. Gignac converteu a cobrança, virando para os mexicanos aos 48 do primeiro tempo.

Com o gol, o francês aumentou ainda mais os números impressionantes com a camisa do Tigres. Desde que chegou, em agosto de 2015, fez 245 jogos e marcou 146 gols, marca que o leva a condição de maior artilheiro da história do clube.

  • Na parte final do jogo, o lance que poderia ter dado ao Ulsan o empate, também foi o mais bonito da partida. Aos 12 minutos, Bit-Garam Yoo dominou no peito um lançamento feito quase do meio de campo e finalizou de forma acrobática, com um rápido voleio, para o fundo das redes do Tigres. O árbitro uruguaio Esteban Ostojich anulou, detectando uma posição de impedimento.

    O clube mexicano conseguiu administrar o resultado final, sem maiores sustos. Confirmado na semifinal, o Tigres tenta fazer história em sua primeira participação na competição. Faturou a Liga dos Campeões da Concacaf pela primeira vez, superando os vices em 2016, 2017 e 2019. A equipe é comandada pelo técnico brasileiro Ricardo “Tuca” Ferretti e conta com o brasileiro Rafael Carioca como titular.

    Assine DAZN | 30 dias grátis para curtir os maiores craques do futebol mundial ao vivo e quando quiser!

    Continua após a publicidade
    Publicidade