Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Com 2 brasileiros, Fifa indica candidatos a melhor do mundo

Entidade divulgou 24 nomes pré-selecionados ao prêmio, que será entregue em 23 de outubro, em Londres. Cristiano Ronaldo é o favorito

Fifa anunciou na manhã desta quinta-feira a lista de 24 pré-indicados ao prêmio The Best de melhor jogador do mundo em 2017. Dois brasileiros integram a lista: Neymar, do Paris Saint-Germain, e Marcelo, do Real Madrid. O favorito é Cristiano Ronaldo, multicampeão pelo clube espanhol, e que buscará igualar Lionel Messi com cinco troféus de melhor do mundo.

A lista é formada por sete jogadores do Real Madrid, incluindo surpresas como o lateral Daniel Carvajal e o goleiro Keylor Navas. Outros dois goleiros fazem parte da pré-lista: Gianluigi Buffon e Manuel Neuer. Entre os atacantes, chamou a atenção a presença de Harry Kane, do Tottenham, e Zlatan Ibrahimovic (que defendeu o Manchester United na última temporada e no momento está lesionado e sem clube).

Os 24 pré-indicados foram: Pierre Aubameyeng (Borussia Dortmund), Leonardo Bonucci (Milan), Gianluigi Buffon (Juventus), Daniel Carvajal (Real Madrid), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Paulo Dybala (Juventus), Antoine Griezmann (Atlético de Madri), Eden Hazard (Chelsea), Zlatan Ibrahimovic (sem time), Andrés Iniesta (Barcelona), Harry Kane (Tottenham), N’Golo Kante (Chelsea), Toni Kroos (Real Madrid), Robert Lewandowski (Bayern de Munique), Marcelo (Real Madrid), Lionel Messi (Barcelona), Luka Modrić (Real Madrid), Keylor Navas (Real Madrid), Manuel Neuer (Bayern de Munique), Neymar (PSG), Sergio Ramos (Real Madrid), Alexis Sánchez (Arsenal), Luis Suárez (Barcelona), Arturo Vidal (Bayern de Munique).

Entre as ausências mais sentidas, estão três brasileiros: Casemiro, do Real Madrid, Philippe Coutinho, do Liverpool, e Daniel Alves, que chegou à decisão da Liga dos Campeões com a Juventus antes de se transferir para o PSG. O francês Kylian M’Bappé, destaque do Monaco, também ficou de fora. Na eleição dos melhores treinadores, o Brasil será representado por Tite.

O vencedor do prêmio será escolhido por meio dos votos de treinadores de seleções nacionais, seus capitães, jornalistas e torcedores. A votação se encerrará em 7 de setembro e leva em consideração o período de 20 de novembro a 2 de julho. Os três finalistas serão anunciados ainda em setembro, assim como os dos outros prêmios distribuídos pela Fifa. A cerimônia de entrega está agendada para 23 de outubro, em Londres.