Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Colômbia e Argentina vencem e se enfrentam na semifinal da Copa América

Colombianos eliminaram o Uruguai nos pênaltis, enquanto os argentinos, com brilho de Lionel Messi, venceram o Equador no tempo normal

Por Da Redação 3 jul 2021, 23h58

Todos os semifinalistas da Copa América estão definidos. Neste sábado, 3, pelas quartas de final, depois de um empate sem gols, a Colômbia eliminou o Uruguai nos pênaltis por 4 a 2, enquanto a Argentina venceu o Equador por 3 a 0 no tempo normal.

Assine a revista digital no app por apenas R$ 8,90/mês

A seleção argentina e a seleção colombiana se enfrentam na próxima terça-feira, 6, às 22h (de Brasília), no estádio Mané Garrincha, em Brasília, pela semifinal da Copa América. Na outra chave, Brasil e Peru jogam nesta segunda-feira, 5, às 20h (de Brasília), no estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro.

No primeiro duelo da noite, Uruguai e Colômbia fizeram uma partida, no estádio Mané Garrincha, em Brasília, muito disputa, mas com poucas chances de gol. Com o marcador zerado, o jogo foi para os pênaltis. Na disputa, o goleiro colombiano David Ospina brilhou e defendeu duas penalidades, de José Giménez e Matías Viña. Com as quatro cobranças convertidas, os colombianos venceram por 4 a 2 e avançaram.

Para concluir a noite deste sábado, a Argentina, no estádio Olímpico, em Goiânia, derrotou o Equador no tempo normal por 3 a 0, com duas assistências e um gol de Lionel Messi.

O primeiro gol  saiu aos 39 minutos do primeiro tempo. Lionel Messi aproveitou uma sobra de fora da área e tocou para Rodrigo de Paul, que, sozinho dentro da área, apenas empurrou para o fundo da rede.

Continua após a publicidade

O segundo foi marcado já no segundo tempo, aos 38 minutos. O zagueiro equatoriano Piero Hincapié saiu jogando errado, Lionel Messi recuperou a bola e tocou para Lautaro Martínez, que mandou para o gol.

O terceiro gol da Argentina saiu aos 47 minutos da etapa final. Em uma falta da entrada da área, Lionel Messi mandou no ângulo e fechou o placar por 3 a 0 para os argentinos.

Continua após a publicidade
Publicidade