Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clube russo que teve Eto’o e Roberto Carlos corre risco de falência

O Anzhi Makhachkala acumula dívida milionária e não atrai novos patrocinadores

O Anzhi Makhachkala, clube russo que já contou com estrelas como os brasileiro Roberto Carlos e Willian e o camaronês Samuel Eto’o, está perto de decretar falência. A informação foi divulgada na manhã de terça-feira, 23, pelo técnico russo Magomed Adiyev, após derrota para o Akhmat Grozny, pelo Campeonato Russo.

“O clube sofre, e esta palavra é amena demais. Ele está morrendo. Decretar falência sem um motivo sério não passa uma boa imagem da República do Daguestão (divisa federal russa, que fica a cerca de 1,600km de Moscou). Um clube com tanta tradição, com tantos jogadores famosos”, lamentou Adiyev.

Segundo a imprensa russa, o Anzhi tem uma dívida de 250 milhões de rublos (cerca de 15,4 milhões de reais) e não consegue encontrar patrocinadores, o que aumenta o risco de perder sua licença profissional. O clube ficou conhecido em 2011, quando contratou Eto’o e Roberto Carlos.

Também passaram pelo clube Diego Tardelli, Jucilei e Willian. Na ocasião, o Anzhi era propriedade do bilionário russo Souleïman Kerimov, atualmente investigado na França por fraude fiscal.

A seis jogos para o fim do Campeonato Russo, o Anzhi é o atual 15º e penúltimo colocado. Na próxima quarta-feira, 24, a equipe enfrentará o CSKA Moscou, que ocupa a quarta posição.