Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clube de Alexandre Pato na China muda de nome após prisão de dono

Tianjin Quanjian muda para Tianjin Tianhai depois de crise na empresa que mantém o time

O Tianjin Quanjian, clube de Alexandre Pato na primeira divisão do futebol chinês, mudou de nome nesta semana após a prisão do dono da equipe. Agora, o clube passará a ser conhecido por Tianjin Tianhai, o quarto nome desde sua fundação, em 2006.

Na segunda-feira, 7 de janeiro, o dono da equipe, Shu Yuhui e outros 17 membros do Grupo Quanjian, especializado na venda de produtos farmacêuticos, foram presos. Informações do portal Reuters indicam que a morte de uma criança de quatro anos, que fazia um tratamento de câncer com remédio da empresa, foi um dos motivos que causou a prisão, além das diversas acusações de propaganda enganosa e formação de pirâmide. Por isso, o grupo abriu mão do comando da equipe.

Fundado em 2006 pela companhia Tianjin Binhai Holdings Limitada criou o Hohhot Binhai, clube da cidade de Hohhot. Em 2007, a Tianjin Songjiang Sports Culture Industry Companhia Limitada assumiu o comando da equipe, que passou a se chamar Tianjin Songjiang e mudou sua sede para a cidade de Tianjin. Em 2015, o grupo Quanjian tomou posse da equipe que novamente mudou de nome para Tianjin Quanjian. Com a crise da empresa, o clube passa a ser controlado pela federação local e novamente teve mudança de nome.

O time disputou a terceira divisão nacional de 2007 a 2010. Entre 2011 e 2016 jogou a segunda divisão, conseguindo o acesso graças ao título em 2016, após saída do treinador Vanderlei Luxemburgo e chegada do italiano Fábio Cannavaro. Os brasileiros Jadson, Luis Fabiano e Geuvânio participaram do acesso.

Desde 2017, quando chegou à primeira divisão, Alexandre Pato é o brasileiro da equipe, que em 2019 terá o retorno de Geuvânio, que estava emprestado ao Flamengo. A melhor colocação da equipe no Campeonato Chinês da primeira divisão foi o terceiro lugar em 2017, classificando o time para a Liga dos Campeões da Ásia. No torneio continental, a equipe chegou até as quartas de final.

O clube busca um novo investidor para manter o time, mas a federação local garantiu aos jogadores que os salários serão pagos normalmente.