Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Clima de decisão: Palmeiras recebe Cruzeiro de olho na liderança

Equipe treinada por Alberto Valentim pode chegar a três pontos do Corinthians se vencer nesta segunda-feira

A oito partidas do final do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras receberá o Cruzeiro nesta segunda-feira, às 20 horas (de Brasília) para se aproximar ainda mais da liderança. Se vencer no Allianz Parque, a equipe treinada por Alberto Valentim reduzirá a vantagem do líder Corinthians para apenas três pontos (59 a 56) e pode superar o rival em confronto direto na próxima rodada, com a chance de assumir a ponta pelo número de vitórias.

Encarregado de comandar o Palmeiras após a saída do técnico Cuca, Valentim acumula vitórias diante de Atlético-GO, Ponte Preta Grêmio. Apoiado pelo elenco para ser efetivado pela diretoria, ele fará sua estreia no Allianz na partida desta segunda-feira. Com o volante Bruno Henrique suspenso pelo terceiro cartão amarelo, o treinador tem Jean, Felipe Melo e Thiago Santos como alternativas para a posição. No ataque, Miguel Borja permanece como titular na vaga do lesionado Willian. O zagueiro Yerry Mina, recuperado de fratura no pé esquerdo, deve iniciar entre os reservas.

O jogo marcará o encontro do Palmeiras com Mano Menezes. O técnico foi procurado pela diretoria alviverde para suceder Cuca, mas preferiu permanecer no Cruzeiro. No caminho rumo ao título da Copa do Brasil, a equipe mineira, atual sexta colocada no torneio nacional, eliminou os paulistas nas quartas de final.

Para a vaga do lesionado Hudson, Mano deve escalar Lucas Romero. Já Rafael Sobis, com dores musculares e na mira do Querétero, perde espaço para o ex-palmeirense Rafael Marques. O meia Robinho, mais um ex-palmeirense, fica à disposição, diferentemente do zagueiro Léo e do meia Alisson, ambos sem condições físicas ideais.

Prováveis escalações:

Palmeiras: Fernando Prass; Mayke, Edu Dracena, Juninho e Egídio; Jean, Tchê Tchê, Moisés; Keno, Dudu e Borja; Técnico: Alberto Valentim

Cruzeiro: Fábio; Ezequiel, Manoel, Murilo e Diogo Barbosa; Lucas Romero, Henrique,Thiago Neves, Rafinha, Arrascaeta;Rafael Marques; Técnico: Mano Menezes

(Com Gazeta Press)