Clique e assine a partir de 9,90/mês

Clássico turco é suspenso por agressão de torcida a treinador rival

Senol Günes, treinador do Besiktas, foi atingido por objeto atirado por fãs do Fenerbahce e levou cinco pontos na cabeça; Zagueiro Pepe foi expulso

Por Da redação - 20 abr 2018, 17h11

Besiktas e Fenerbahce se enfrentaram na última quinta-feira, pelo segundo jogo da semifinal da Copa da Turquia, mas a partida teve de ser suspensa aos 14 minutos do segundo tempo, com o placar empatado em 0 a 0, pois o técnico do Besiktas, Senol Günes foi atingido por um objeto arremessado pela torcida do adversário. O treinador de 65 anos teve que ir direto para o hospital, onde levou cinco pontos na cabeça.

O comportamento da torcida do Fenerbahce já indicava que algo ruim poderia acontecer: a cada vez que havia escanteios ou cobranças de lateral para o time adversário, objetos eram lançados em direção aos jogadores. Dentro de campo, o clima também era hostil, com desentendimentos entre jogadores e entradas violentas em alguns lances, como quando o zagueiro Pepe, do Besiktas, deu carrinho no volante Souza, ex-São Paulo, e foi expulso logo aos 30 minutos do primeiro tempo.

Continua após a publicidade

Após o incidente, os jogadores do Besiktas se recusaram a retornar ao campo e a partida foi suspensa por falta de segurança. A federação turca ainda não definiu quem avançará para a final contra o Akhisarspor.

Publicidade