Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

City se torna o primeiro clube a gastar 1 bilhão de euros em reforços

PSG e Real Madrid também se aproximaram da marca bilionária

Por Gazeta Press Atualizado em 30 jul 2020, 19h39 - Publicado em 9 set 2019, 10h54

O Cies (Centro Internacional de Estudos no Esporte) divulgou nesta segunda-feira, 9, um levantamento que calcula quanto cada grande clube da Europa investiu para ter o seu elenco atual. A liderança do ranking ficou com o Manchester City, que, ao todo, desembolsou um valor recorde de 1 bilhão de euros (cerca de 4,5 bilhões de reais na cotação atual).

Na cola do clube inglês, também próximos da marca de 1 bilhão de euros, aparecem o Paris Saint-Germain, com 913 milhões (cerca de 4,1 bilhões de reais), e o Real Madrid, com 902 milhões de euros (aproximadamente 4 bilhões de reais).

  • O cálculo diz respeito aos investimentos dos clubes ao longo dos anos para ter todos os jogadores dos atuais planteis. Pensando apenas na atual janela de transferências, a liderança fica com o Atlético de Madrid, que gastou 329 milhões de euros (cerca de 1,5 bilhão de reais) em reforços, com destaque para o português João Félix, ex-Benfica.

    O ranking completo do Cies:

    1 – Manchester City: R$ 4,5 bilhões

    2 – PSG: R$ 4,1 bilhões

    3 – Real Madrid: R$ 4 bilhões

    Continua após a publicidade

    4 – Manchester United: R$ 3,4 bilhões

    5 – Juventus: R$ 3,2 bilhões

    6 – Barcelona: R$ 3,1 bilhões

    7 – Liverpool: R$ 2,9 bilhões

    8 – Chelsea: R$ 2,5 bilhões

    9 – Atlético de Madrid: R$ 2,5 bilhões

    10 – Arsenal: R$ 2,2 bilhões

    Continua após a publicidade
    Publicidade