Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chile x Japão: dessa vez o gigante ‘Golias’ superou ‘Davi’

O Chile abusou da experiência sobre a jovem seleção japonesa

 

Ao contrário do que acontece na Bíblia, o duelo de Davi contra Golias no Morumbi teve final a favor do gigante. Atual bicampeão da Copa América e com seu time principal, o Chile venceu o Japão por 4 a 0 nesta segunda-feira, 17,   apesar de alguns momentos em que o time sub-23 japonês parecia que faria uma surpresa no Morumbi.

O Japão treina para os Jogos Olímpico de Tóquio, em 2020, e entrou como zebra na partida. Mas fiel à garra e determinação oriental teve esperanças em seus jovens talentos, como em Takefusa Kubo, de 18 anos, jogador mais jovem do torneio e contratado pelo Real Madrid. Com a velocidade e habilidade de Shoya Nakajima, o Japão criou algumas chances de gol mas o susto não foi o suficiente para impedir o atropelo chileno.

Veja a tabela e classificação da Copa América

Com a experiência de Vidal, Vargas e Sanchez o Chile encaixou seu melhor jogo e cresceu durante a partida, apesar de também ter como adversários jogadores rodados como Kawashima, Watanabe e Okazaki no banco. Muito mais importante que um resultado efêmero, o Japão faz o que pode ser indicador de quem quer realmente um time forte  de base, colocando seus jovens num torneio internacional de seleções, algumas com títulos mundiais, e aplicando na prática a pressão de defender o país, mesmo estando numa “categoria” abaixo.