Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Chelsea exclui brasileiro de excursão após ofensas aos chineses

Atacante Kenedy, de 21 anos, desagradou autoridades chinesas ao fazer posts debochados nas redes sociais. Pressionado, clube inglês anunciou punição

“P**** China” e “Acorda China, Vacilão”. Estas frases, acompanhadas de vídeos postados pelo brasileiro Kenedy nas redes sociais, desencadearam uma crise diplomática entre o Chelsea e o público da China, onde o clube inglês realizou parte da sua pré-temporada. Diante da péssima repercussão, o Chelsea não apenas realizou um pedido formal de desculpas, como excluiu Kenedy da excursão pela Ásia. O jogador de 21 anos, revelado pelo Fluminense, retornou a Londres nesta terça-feira.

Kenedy do Chelsea

As postagens de Kenedy debochando os chineses (//Reprodução)

Em sua mensagem, Kenedy colocou a foto de um guarda dormindo e escreveu: “Acorda china, vacilão”. Depois, compartilhou outra mensagem contendo um palavrão e emojis de risada. Os posts foram criticados pelo jornal People’s Daily, porta-voz do governo chinês, que exigiu tolerância zero para o jogador e considerou que “um pouco de cortesia teria evitado que todos vissem um comportamento tão feio”.

O jogador deletou as imagens e pediu desculpas, mas o estrago já estava feito. Ao entrar em campo durante amistoso com o Arsenal no último sábado, Kenedy foi vaiado pelo público presente no Estádio Olímpico de Pequim.

O Chelsea postou uma nota oficial em seu site pedindo desculpas pela atitude do jogador. O clube diz ter experimentado o calor e a amizade dos fãs chineses, pelos quais tem admiração e respeito, e que estava “surpreso e desapontado” com os vídeos do brasileiro. Disse também que as atitudes de Kenedy “não representavam os pensamentos de todos no Chelsea e que o jovem foi repreendido e irá aprender muito com o caso.”

O jogador postou um pedido de desculpas em seu Instagram, afirmando que não tinha a intenção de ofender ninguém, mas que notava que seus comentários foram totalmente inapropriados. Também pediu desculpas ao clube e aos companheiros. Ainda assim, as reações negativas na China sobre o caso motivaram a punição do clube de Londres a Kenedy, para evitar o banimento do clube de próximos eventos em solo chinês.

(com Estadão Conteúdo)