Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia
CLIQUE E RECEBA A REVISTA EM CASA A PARTIR DE R$14,90/MÊS Clique e receba em casa a partir de R$ 14,90

Champions: Young Boys surpreende United e vence mesmo com gol de Cristiano

Pela primeira rodada da fase de grupos, time suíço contou com torcida para congelar ânimo inglês, dominar o jogo e marcar gol vencedor no fim

Por Da Redação Atualizado em 14 set 2021, 16h02 - Publicado em 14 set 2021, 15h44
Autor do primeiro gol da partida, Cristiano Ronaldo não conseguiu evitar a derrota do clube inglês -
Autor do primeiro gol da partida, Cristiano Ronaldo não conseguiu evitar a derrota do clube inglês – Matthew Peters/Getty Images

O Young Boys surpreendeu o Manchester United logo no primeiro jogo da fase de grupos da Liga dos Campeões. Com um gol no último lance da partida, aos 49 do segundo tempo, os suíços venceram os ingleses por 2 a 1 em confronto no Stade de Suisse, em Berna, nesta terça-feira, 14. Mesmo com mais um gol do atacante português Cristiano Ronaldo, que está de volta ao clube da Inglaterra após 12 anos, a equipe sucumbiu pela primeira vez na temporada.

Guia PLACAR da Champions já está disponível; saiba como assinar

Um dos clubes que mais investiu na atual janela de transferências, o United inicia em dificuldades no grupo F da competição. Eliminado precocemente na última temporada, terá pela frente chave acirrada com Atalanta e Villarreal, este último o adversário para quem perdeu nos pênaltis na decisão da última Liga Europa.

Além do gol, o terceiro em duas partidas desde o retorno, Ronaldo também igualou o goleiro espanhol Iker Casillas como jogador com mais partidas na história da Champions. Ambos disputaram 177 jogos.

Com o estádio lotado, o Young Boys buscou pressionar, porém, logo aos 13 minutos de jogo, o português Bruno Fernandes encontrou Cristiano Ronaldo em boas condições. O camisa 7  finalizou para dentro do gol e marcou pela 136ª vez em Ligas dos Campeões. Sem conseguir exercer um domínio, a situação começou a complicar para o time inglês quando o lateral-direito Aaron Wan-Bissaka foi expulso, perto do fim da etapa inicial. Desde então, o domínio foi suíço.

  • A torcida empurrou o mandante e após forte pressão no início do segundo tempo, quando o cronômetro apontava 66 minutos, o ponta Elia encontrou Nicolas Ngamaleu dentro da área, para empatar o marcador. Sem reação, o treinador do United Ole Gunnar Solskjaer tirou de campo Cristiano Ronaldo e Bruno Fernandes, com o intuito de fechar a defesa.

    A tônica da partida, porém, continuou a mesma, com domínio do Young Boys. Assim, no último minuto dos acréscimos, Jesse Lingard, que entrou no lugar de Cristiano, errou um passe que deixou Jordan Siebatcheu na cara do gol, para virar a partida.

    A próxima partida dos ingleses será diante do Villarreal, no próximo dia 29, no Old Trafford, na Inglaterra. O Young Boys, por sua vez, volta a jogar no mesmo dia, diante da Atalanta, em Bergamo, na Itália.

    Continua após a publicidade
    Publicidade