Clique e Assine por somente R$ 2,50/semana

Champions: o favoritismo do Bayern contra o surpreendente Lyon

Time alemão tem 100% de aproveitamento, o melhor ataque e o artilheiro; franceses eliminaram gigantes pelo caminho e buscam glória inédita

Por Da Redação Atualizado em 19 ago 2020, 13h04 - Publicado em 19 ago 2020, 12h18

O Paris Saint-Germain venceu o RB Leipzig e já está na decisão da Liga dos Campeões. Nesta quarta-feira, 19, acontece o outro jogo da semifinal: o Lyon, a grande surpresa do torneio, enfrenta o pentacampeão Bayern de Munique no estádio José Alvalade, em Lisboa, às 16h (horário de Brasília). A partida terá transmissão pelo canal por TV a cabo TNT, pelo Facebook do Esporte Interativo e pelo aplicativo EI Plus.

Os alemães chegam ao confronto como os grandes favoritos do torneio. O Bayern é o único clube que já foi campeão ainda vivo na Champions. A impressão de que é o principal concorrente para ganhar a taça não é à toa: a equipe de Hans-Dieter Flick venceu os nove jogos que disputou e marcou 39 gols – uma média impressionante de 4,33 por partida.

A última aparição não poderia ter sido melhor: goleada impiedosa por 8 a 2 sobre o Barcelona de Lionel Messi, com um futebol veloz e ofensivo e muitas chances criadas na partida. O atacante Robert Lewandowski marcou um dos gols na partida pelas quartas de final. O camisa 9 é o artilheiro da atual Liga dos Campeões com 14 gols – com quatro a mais do que Erling Haaland, do Borussia Dortmund. Também é o segundo na lista de assistências, com cinco passes para gols – só atrás de Ángel Di Maria, do PSG, que contabiliza uma a mais.

  • Se o poderio ofensivo é a aposta do Bayern de Munique no duelo desta quarta-feira, o Lyon aposta em um time mais defensivo, que vai explorar os contra-ataques para derrubar mais um gigante. No caminho até a semifinal, os franceses derrotaram a Juventus, do craque Cristiano Ronaldo, e o time estrelado do Manchester City, dirigido por Pep Guardiola. O sonho é vencer os alemães para alcançarem a sua melhor campanha na história na Champions.

    A equipe do técnico Rudi Garcia aposta em uma linha com três zagueiros e outros cinco jogadores no meio para impedir a pressão do adversário. E tem uma legião de brasileiros à disposição para isso. Na defesa, Marcelo, revelado pelo Santos, e Fernando Marçal, que é lateral-esquerdo de origem e fez carreira em clubes da Europa, se juntam ao belga Jason Denayer. Bruno Guimarães, ex-Athletico Paranaense, dita o ritmo como primeiro homem de meio-campo. O time ainda tem o lateral-direito Rafael, e os volantes Thiago Mendes e Jean Lucas no banco.

    O grande destaque é um prata da casa. O francês Houssan Aouar, de 22 anos e nascido em Lyon, é o principal jogador da equipe. Assim como Lewandowski – e ao lado de Kylian Mbappé do PSG e Hakim Ziyech do Ajax –, anotou cinco assistências nesta edição da Champions e é o principal responsável para municiar a dupla de ataque formada por Memphis Depay e Karl Toko Ekambi. O trio é a esperança dos franceses para continuar fazendo história nesta temporada.

    Assista outros campeonatos na DAZN! O primeiro mês é grátis.

    Continua após a publicidade
    Publicidade